Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010
por João Rodrigues


“Bancos portugueses ajudam Estado.” A notícia é muito pertinente, mas o título do Público é equivocado, como um comentador logo alertou. O título bem que podia ter sido “Estado ajuda bancos portugueses”. Os bancos portugueses financiam-se junto do Banco Central Europeu a taxas de juro de 1% e emprestam ao Estado a taxas que oscilam entre os 3%  e os 6%, dependendo dos prazos, e assim consolidam os seus balanços. Porreiro, pá: estão a ver a transferência de recursos devido às aberrantes regras europeias, que, ao contrario do que se passa nos EUA ou no Japão, por exemplo, separaram a política orçamental da política monetária, impediram que o BCE financie, de forma directa e parcial, os Estados e ajudaram a alimentar esta crise da dívida nas periferias e toda a conveniente especulação no seguimento de uma crise financeira brutal? Seja como for, é o capitalismo financeirizado em todo o seu esplendor: os bancos ganham sempre. Leiam Nuno Aguiar e Luís Ribeiro no i. O Nuno Teles adiciona dados para o entendimento da questão bancária em Portugal.

por João Rodrigues
link do post | comentar | partilhar

8 comentários:
António Carlos
E porque não fazer todos os empréstimos através da CGD? Tenho a certeza absoluta que a CGD, banco estatal, não cobra essas taxas indecentes ao Estado e empresas públicas. A não ser que o Estado queira pagar essas taxas à CGD para depois receber dividendos dos lucros! É a esquizofrenia total!

deixado a 23/9/10 às 16:17
link | responder a comentário

António Carlos
Lancemos uma petição: o Estado e as empresas públicas ficam desde já proibidos de pedir dinheiro emprestado aos bancos, cortando-lhes assim a sua principal fonte de lucro! E mais. Para evitar que os especuladores internacionais ganhem rios de dinheiro com a subida das taxas de juro, vamos tramá-los! Não pedimos nem mais um cêntimo aos especuladores internacionais! Somos lixados!!!

deixado a 23/9/10 às 14:46
link | responder a comentário

As finanças em Portugal cobram 12% de juros para pagamento de dívidas. Os bancos cobram menos por um empréstimo. Ou seja, os contribuintes são incentivados a pedir aos bancos e se os bancos não emprestarem o estado saca os 12%. Estão bem uns para os outros. E se isto não é imoral não sei o que é imoral.

deixado a 23/9/10 às 15:33
link | responder a comentário

simon
os bancos ganham sempre

e o estado gosta disso, pois é amigo deles

e só tem de recorrer à malta, de uma foma ou outra, de o sacar à gente

deixado a 23/9/10 às 17:10
link | responder a comentário

Bolchevike
Os contribuintes é que ajudam os bancos portugueses, através da espoliação de impostos e à usura praticada por estas instituições com liçença para roubar!

deixado a 23/9/10 às 18:29
link | responder a comentário

Antonio Cunha
os bancos esses malandros....

vai-se a ver apenas são o reflexo dos nosso impulsos consumistas e desenfreados.

Mas não ! o Tuga culpado de qq coisa ? Nã, o tuga é sempre o coitadinho espoliado e que nunca se mete em avarias.

O Tuga compra casas que não tem dinheiro para pagar, mas que se lixe, o banco empresta...

O Tuga quer o carro da moda. Que se foda, o banco empresta.

Ai tuga tuga, que nunca mais aprendes.

deixado a 23/9/10 às 22:04
link | responder a comentário

obelisco instavel
O tuga pede dinheiro ao banco porque não tem, o tuga pede dinheiro para comprar o carro porque não têm, porque o tuga ganha um ordenado do 3º. mundo mas paga como se fosse do 1º., porque os nossos governantes e amigalhaços faze-se pagar como se fossem de 1º mundo, os tugas deviam deixar de o ser, entregavam isto a Espanha, e livravam-se destas sanguessugas e éramos todos mais felizes, como são os espanhois, apesar da crise, dos 20 % de desemprego, etc, etc.

O país está a ir ao fundo? então declare-se a falência, quem menos tem menos perde.

Acabem de vez com esta telenovela do mundo cor de rosa de socrates e inferno de dante de passos coellho, já não há pachorra para os aturar.

deixado a 23/9/10 às 23:10
link | responder a comentário

da Maia
O primeiro da foto, com a gravata vermelha a destoar, tenho-o como pessoa séria... a sério!

deixado a 24/9/10 às 01:38
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador