Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010
por João Rodrigues


A greve geral de 24 de Novembro, que juntará a CGTP e a UGT, pela primeira vez em mais de duas décadas, é a expressão do que já sabemos há muito: só a força organizada do trabalho pode impedir o plano inclinado que leva a República para a oligarquia...

O resto da crónica pode ser lido no i.

por João Rodrigues
link do post | comentar | partilhar

38 comentários:
Caro Sr. Dr. João Rodrigues, se a greve é para combater a redução de salários e as "injustiças" das últimas medidas governamentais, então quem deve ir para a rua são apenas os que ganham mais de 1500 euros mensais, sobretudo os que auferem perto de 5 000 euros, que são os que mais vão perder mensalmente (quase 500 euros!). E quem deve insurgir-se contra os Sindicatos grevistas são a esmagadora maioria dos funcionários públicos pobres, que recebem menos de 1500 euros por mês e que, por isso, não serão afectados EM NADA RIEN ZERO NICHTS pelo corte dos salários (e outros benefícios sociais)!


Querem ver que ainda vamos ter o Presidente da República, os Deputados, Juízes-Conselheiros e Professores Doutores nos piquetes de greve, de matraca em punho, a impedir os "amarelos" e "lacaios" dos senhores jardineiros, cantoneiros da limpeza e cozinheiras dos refeitórios camarários, de seguir para o seu trabalho?!!


Ai, ai, o que os cursos de Economia devem fazer às meninges sãs...

deixado a 12/10/10 às 16:08
link | responder a comentário

xico
Já vão tarde. Há muito que esta república se transformou em oligarquia.
Quanto um simples organismo do estado, que aparentemente até não serve para coisa nenhuma, comemora o seu 20º aniversário com pompa e circunstância, gastando mais do que uma autarquia para comemorar um seu centenário, só podemos estar a falar de oligarquias.

deixado a 11/10/10 às 12:40
link | responder a comentário

só a força organizada do trabalho pode impedir o plano inclinado que leva a República para a oligarquia...

Hummm… duas questões:

Primeira; como se equaciona essa “força organizada de trabalho” em termos de eleições? Porque “eles” não nascem nos cargos, pois não? Ou ela só precisa mostrar que existe quando se apertam os calos?

Segunda; como é que se pode afirmar um qualquer “plano inclinado que leva a República para a oligarquia”, se o que existe por cá há décadas é a oligarquia do bloco central? Será que a coisa começou agora e esses safados nasceram das pedras?

Tanto sururu com a oligarquia isto e a oligarquia aquilo, mas depois defende-se o voto no barão Alegre, porque o bacano e tal, tipo assim, fixe, tótil…

Mais conversa fiada para parecer que se faz alguma coisa. E eu até sou a favor duma greve geral, mas aguardo pelas próximas eleições e cá estaremos para voltar a falar dessa “força organizada do trabalho” e da sua prestação nas urnas.

deixado a 11/10/10 às 12:45
link | responder a comentário

Paulo Oliveira
De facto esta força organizada vai impedir o que????? nada... era isso que se queria dizer.. certo???

deixado a 11/10/10 às 13:00
link | responder a comentário

e se mais provas fossem precisas aqui está mais uma

Chavez treinou terroristas Colombianos com o apoio da ETA

deixado a 11/10/10 às 13:27
link | responder a comentário

o link

http://www.elpais.com/articulo/espana/entreno/ETA/Venezuela/elpepiesp/20100307elpepinac_1/Tes

deixado a 11/10/10 às 13:27
link | responder a comentário

Lúcio Peixe
Mas alguma vez a "República" foi algo de diferente?

deixado a 11/10/10 às 14:22
link | responder a comentário

JORGE SILVA
Fazer greve geral para quê? Para depois o povo ir todo, como é habitual, votar nos partidos do "regime" (PS e no PSD) nas próximas eleições?
Querem uma aposta?

deixado a 11/10/10 às 14:32
link | responder a comentário

Bolchevike
Para mim «sovietizar» a República, isso sim! Faz sentido.

»Republicanizar» a República, cheira-me a mais um embuste e uma uma manobra do capital para enganar os trabalhadores.

«Republicanizar» faz-me lembrar o Mário Soares e toda aquela corte de jacobinos e maçónicos que tomaram conta do Estado...

É preciso estar de olho nesta corja!

deixado a 11/10/10 às 15:34
link | responder a comentário

carmo da rosa
@ Jorge Silva: querem uma aposta?

Não, assim são favas contadas, mas poderíamos apostar em quem vai ter mais votos: o PS ou o PSD?

deixado a 11/10/10 às 17:24
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador