Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
por Arrastão


Para que ninguém se perca, foram, sobre as consequências da candidatura de Fernando Nobre, escritos os seguintes posts, com posições, como seria de esperar, diferentes:

Fernando Nobre e Nobre: Caderno de encargos de um eleitor oportunista, de Bruno Sena Martins
Outra vez? e 4 prós e 4 contras de Alegre e de Nobre, de Daniel Oliveira
Alegre e Não há duas sem oito e Nobreza?, de João Rodrigues
Entrada em campo do Nobre nas barbas do Alegre, uma alegoria e a vingança serve-se fria, e segundo a receita de Don Marocas Corleone, de Pedro Vieira
O nosso mahatma, de Rui Bebiano
Pouco Nobre e A coroação do Presidente, de Sérgio Lavos

Estes links passaram a estar na coluna da direita

Agora, quando lerem que o Arrastão pensa isto ou seu contrário, têm este post, que será actualizado, com links para as várias posições que aqui se expressem.

por Arrastão
link do post | comentar | partilhar

6 comentários:
[...] O arrastão dá liberdade de pensamento aos seus escribas e o Bloco, pela mão do Jorge Costa, reza para que os seus militantes não se ponham a pensar. [...]

deixado a 19/2/10 às 12:05
link | responder a comentário

Antonio Cunha
ó Daniel está com necessidade se justificar ? :)

deixado a 19/2/10 às 12:02
link | responder a comentário

LAM
Foram escritos esses posts, é verdade. Já quanto "às posições, como seria de esperar, diferentes ", tenho as minhas dúvidas: em todas o sentido mais claro é de apoio a Alegre.

deixado a 19/2/10 às 14:01
link | responder a comentário

[...] com o PS e com este Governo. Tem demasiados defeitos para que salte para o seu colo como outros saltaram para o colo do Alegre. Não fico cego a avaliar as virtudes e os defeitos de qualquer um [...]

deixado a 20/2/10 às 01:17
link | responder a comentário

Nuno Braga
Alegre mais um Marialva, filho de Monarquico e neto de fidalgos da Corte de D.Carlos heheheheh

deixado a 24/2/10 às 15:43
link | responder a comentário

É como Manuel Alegre que se diz republicano de gema mas no entanto em 1957 era monárquico ao assinar o Manifesto dos “Monárquicos Independentes” dissidentes do Integralismo Lusitano.

Para ver aqui : http://arepublicano.blogspot.com/2007/10/joo-camossa-1926-2007-joo-carlos.html

deixado a 10/8/10 às 17:36
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador