Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
por Pedro Vieira
a novidade já tinha sido aventada, e parece que avança de vez. Lisboa aderiu à prática do orçamento participativo e como tal está aberta aos municípes a discussão àcerca de uma parcela do orçamento municipal, no caso 5 milhões de euros. grite por uma melhor recolha de lixo, pela plantação de um canteiro na sua sala de estar, pela calcetagem de passeios que mais parecem feitos à medida de neil armostrong e buzz aldrin, pelo espancamento público dos donos de cães que transformam a cidade numa estrumeira (se acha esta sugestão demasiado radical consulte as medidas em prática em singapura, nosso grande parceiro no chamado mundo civilizado). a parcela de dinheiro que está em discussão não é de sonho mas pelo menos será possível segui-la até ao destino final. há muitos anos que o dinheiro municipal é investido na sombra e serve de prebenda a quem está com o regime da altura. uma pista: averigue-se quem beneficiou de habitação no edifício de "cooperativa" situado no largo do camões. ou confira-se as listas de militantes partidários que entraram em tsunami em empresas municipais no dealbar da era menino guerreiro.

a participação pode ser feita aqui; o site é um pouco confuso, nada a que Lisboa não nos tenha habituado. e grite, já agora. e alto, se possível.

por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

14 comentários:
"participar em 5 milhões" da descomunal e bem aviada mama da mastodôntica Capital, é a mesma coisa que tentar apalpar uma gaja com soutien blindado
Então e o resto?

deixado a 16/10/08 às 15:10
link | responder a comentário

Também me apetecia pronunciar sobre em que é que a CML não deve gastar dinheiro e/ou onde deve ir buscar dinheiro.
O site é lamentável, o que demonstra o respeito que o governo da cidade tem por este processo.

deixado a 16/10/08 às 15:42
link | responder a comentário

«o site é um pouco confuso»

Como quase tudo o que é público. Mas vou participar.

deixado a 16/10/08 às 15:56
link | responder a comentário

B Aranda
Xatoo:

Primeiro, 5 Milhões não é pouco. Quase tudo o que foi gasto em investimento de Janeiro a Junho de 2008, pela mastodontica mas, infelizmente, "aSantanada" Câmara da Capital.

Depois, pela primeira vez se vai decidir de forma directa como utilizar esses 5 Milhões.

Até agora todo o orçamento, de todas as câmaras do país, foram gastos da forma e nos timings que o executivo quis. Agora Lisboa tem 5 Milhões para deliberação directa no processo de orçamento participativo. Para quem acredita na democracia participativa e na articulação da democracia representativa com formas de democracia directa, acho que tem de valorizar o passo dado.

Se correr bem desta vez, talvez para a próxima sejam mais de 5 milhões. Se correr mal, se houver poucas participações, pouco debate, etc. acaba-se o processo que é um ápice. Era uma pena.

O site é mauzinho. O Pedro tem razão. Mas o processo defende-se melhora-se e consolida-se através, precisamente, da participação.

***

Eu propus, entre outras coisas, um "parque de estacionamento de dissuasão", próximo do Alto dos Moinhos. Exclusivo para quem tem passe de Metro. Deixam ali o pó-pó e vão para o centro de metro. Eu já fazia isso quando vivia em Sacavém, mas deixava em cima do passeio no Campo Grande.

O que propuseste tu, Pedro?

deixado a 16/10/08 às 16:09
link | responder a comentário

J
OFF - TOPIC

http://democraciaemportugal.blogspot.com/2008/10/prola-nos-contratos-pblicos-online.html

Olhar para a actuação do arsenal do alfeite (comentários), digno de uma cavalaria à la ERC, é sintomático do mau estar que certa comunicação provoca. e da falta de trabalho que alguns têem....

deixado a 16/10/08 às 16:32
link | responder a comentário

Será que poderemos enviar um qualquer manifesto anti-Costa como este http://causavossa.blogspot.com/2008/10/manifesto-anti-scrates.html

deixado a 16/10/08 às 18:01
link | responder a comentário

Os ingleses tem um termo muito interessante para estas coisas, show off.

Veja-se por exemplo, com o devido respeito, a maneira como o senhor B Aranda quer gastar os "seus" cinco milhões.

A construção de um "parque de estacionamento de dissuasão”, próximo do Alto dos Moinhos" é uma ideia interessante, supondo que se podia mudar a atribuição em PDM dos terrenos, supondo que o preço era aceitável e supondo que se podiam deitar cinco milhões pelo cano abaixo.

E ainda assim era uma medida casual pois não sendo acompanhada por outros parques serviria apenas aqueles que propondo-a lhe daria jeito.
Penso que a totalidade das propostas terá o mesmo problema.

deixado a 16/10/08 às 20:23
link | responder a comentário

Sobrevivente
Fado,

Por acaso é munícipe de Lisboa? Se sim, faça uma proposta qualquer, para podermos comentar. É que dizer mal é fácil. Tente ser construtivo, para variar. É que essa ladainha cansa.

deixado a 16/10/08 às 21:40
link | responder a comentário

Sobrevivente
16 Out 2008 às 21:40

Sim sou munícipe de Lisboa, freguesia de Benfica.
Se tivesse lido com atenção o meu post verificaria porque é que não tem (na minha modesta opinião) validade nenhuma proposta de cidadãos.

Só pode haver dois tipos de propostas:
Aqueles que só vêm a sua rua e os que vêm a cidade inteira e já agora os subúrbios, porque Lisboa não termina no viaduto Duarte Pacheco.

Para os primeiros não dou para esse peditório e dos segundos não tenho capacidade

deixado a 16/10/08 às 23:02
link | responder a comentário

Sobrevivente
Ou seja, propostas, nada!
Porque será que não me admiro...

Eu moro num concelho onde existe o orçamento participativo. Já vi o munícipio alterar o plano de actividades por propostas dos moradores. Eram coincidentes. Participámos. Conseguimos. Participar justifica. Basta ser construtivo.

deixado a 17/10/08 às 00:28
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador