Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008
por Pedro Vieira

© rabiscos vieira


por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

42 comentários:
laranjalima
Olha! E eu que julgava que a ministra tinha perdido os professores mas tinha ganho os portugueses...bonito, nem com computadores se deixam seduzir!!! Tanto dinheirinho gasto...

deixado a 12/11/08 às 03:42
link | responder a comentário

Inês
Ah, é verdade. O "rabisco" está óptimo. ;)

deixado a 12/11/08 às 10:25
link | responder a comentário

Inês
Os alunos sabem contra o que estão a protestar. Estão contra o estatuto do aluno, contra o novo regime de faltas, contra as aulas de substituição. São novos, o que não faz deles burros, manipuláveis e inconscientes do que se passa no país e, em particular, nas suas escolas. Deixemos de desvalorizar todas as suas manifestações de descontentamento. Afinal, eles também têm direito a elas.

deixado a 12/11/08 às 10:21
link | responder a comentário

Esta giro, so faltam as criancinhas birrentas para dar fundo ; mas de resto, ate parece que fala.

deixado a 12/11/08 às 08:34
link | responder a comentário

Ate que enfim que começam a aparecer aqueles que nao gostam de cenas tristes.

deixado a 12/11/08 às 10:06
link | responder a comentário

Martins dos Santos
Este post é lamentável. Numa democracia não se pode apoiar situações como a de fafe. Alunos manipulados (nem sabem contra o que protestam) por uma corporação a enxovalhar e a deitar ovos a um membro de um governo democraticamente eleito.

Martins dos Santos

deixado a 12/11/08 às 09:06
link | responder a comentário

m&m
deplorável

deixado a 12/11/08 às 09:14
link | responder a comentário

RG Crespo
30 anos atrás, as escolas de referência eram publicas (ex: liceu Pedro Nunes), de onde partiam os dirigentes e intelectuais do Burgo. As privadas
ficavam para o "refugo", em que os pais com $ a pagavam a aprovação dos filhos.
Hoje, as escolas de referência são privadas (ex: Colégio S João Brito e Escola Alemã de Lisboa).

Não vejo nenhum problema em pais com $ colocarem os filhos nas escolas privadas de nível. Sou, no entanto, muito crítico em relacao à uniformização por debaixo nas escolas publicas promovida pelos eduqueses - que impossibilita pais da classe média possam dar uma boa formação aos seus filhos.

O que tem estado a suceder nos ultimos anos é a destruição do ensino publico como ferramenta essencial de melhoria da população. Essa destruição é induzida pelos eduqueses em nome duma escola pretensamente "inclusiva", e pelos sindicatos que pretendem perpetuar o lugar assegurado a docentes incompetentes.

A história regista muitos casos em que facilmente se destruiu um bom sistema educativo. Ao contrário, construir um sistema de excelência
demora imenso tempo.
Infelizmente, prefere-se discutir o folclore de algumas duzias de alunos instrumentalizados pelos docentes (?) a atirar ovos ao carro da ministra em vez de olhar para a ravina profunda que todos nós alegremente estamos a cair!

deixado a 12/11/08 às 09:18
link | responder a comentário

Martins dos Santos
Mas qual e´o problema dos alunos com as aulas de substituição e com o novo regime de faltas?

deixado a 12/11/08 às 10:43
link | responder a comentário

Inês
Quanto às aulas de substituição, podem ser dadas por qualquer professor, de qualquer área, sem qualquer preparação, servindo apenas para que os alunos não tenham um furo. Sim, servem de muito... Quanto ao regime de faltas, consideram-no injusto. Não havendo chumbos por faltas (já nem falando do facto de os alunos suspensos terem as faltas justificadas...), um aluno que não vá às aulas simplesmente porque não quer é tão penalizado como um aluno que tenha de faltar por tratamentos médicos: com uma "ajudinha" no final do ano. Por exemplo.

deixado a 12/11/08 às 11:04
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador