Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009
por Pedro Vieira
O dirigente socialista Augusto Santos Silva apelou hoje, a propósito da questão dos casamentos homossexuais, ao "bom senso" e à preservação da "belíssima" regra da democracia portuguesa de separar filiação religiosa e voto político nas próximas eleições.

por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

9 comentários:
Rui Silva
O Augusto é um castiço.

deixado a 11/2/09 às 12:42
link | responder a comentário

Luís
Sim sim.
Portanto ele espera que as pessoas que têm uma religião (qualquer que ela seja)e que se identificam com a doutrina social dessa religião (qualquer que ela seja) votem em partidos que advogam uma organização da sociedade em determinados pontos totalmente contrária àquela com que elas (essas pessoas votantes) concordam e que coincide (no todo ou em parte) com a proposta pela religião que professam.
É lógico, sim senhor.
Ou seja: Votem ps, independentemente da porcaria que o ps propuser para a nossa sociedade...
O Santos Silva já está por tudo, desde que a malta vote ps.
Daqui a bocado vai prometer frigoríficos
Luís

deixado a 11/2/09 às 12:57
link | responder a comentário

LAM
LOLL...já estou a ver o SS maquilhado como o Salazar da Sic, tipo palhaço rico.

deixado a 11/2/09 às 14:31
link | responder a comentário

Antonio Cunha
O Augusto baixou as calças e mostrou o que verdadeiramente é: um ASS Hole

deixado a 11/2/09 às 14:53
link | responder a comentário

Miguel Lopes
Já devíamos viver num regime laico em a Igreja não tinha que se abster de qualquer comentário político. A Igreja devia ter todo o direito de apelar ao conservadorismo dos crentes e ao voto nos partidos da direita que são contra a extensão do casamento para todos. Não sei é se a Lei Eleitoral da Assembleia da República, que no seu Art. 153 equipara os ministros de culto a funcionários públicos, o permite.
Não obstante, aquilo que nos devia distinguir é a resposta que damos a esta posição. E aquela tartamudez submissa e desesperada no tom de Vitalino Canas e Augusto Santos Silva é confrangedora. Tão diferente é o tom irredutível que se reconhece a este governo, mas quando se trata da Igreja, é piar fininho: "epá! tenham lá calma ... não façam isso ... eu reconheço o papel responsável da igreja ... nós ponderámos bem as coisas ... não se metam na política".

Cumprimentos

deixado a 11/2/09 às 17:07
link | responder a comentário

estou à espera pra ver o ASS a malhar na ICAR.

deixado a 11/2/09 às 17:18
link | responder a comentário

As missas andam desertas, n sei pq a preocupação. Mas fica bem lembrar a má mistura entre os homens y D/deus. Pelo menos a gente morre sempre no final da estoria de cada um.

deixado a 11/2/09 às 17:50
link | responder a comentário

Manolo Heredia
A vida é uma grande aventura que acaba sempre mal...

deixado a 11/2/09 às 22:50
link | responder a comentário

maria
santos silva é simpático demais para com a dona manuela, o que ele diz dela até nem é bem assim , é muito pior.:..;)

http://bit.ly/m5aU3

deixado a 16/10/09 às 16:52
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador