Quarta-feira, 6 de Maio de 2009
por Pedro Vieira
 

Despedimentos ilícitos de sindicalistas e de grávidas vão ser considerados urgentes nos tribunais

 



por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

7 comentários:
Já não era sem tempo...

deixado a 6/5/09 às 10:27
link | responder a comentário

=)

deixado a 6/5/09 às 14:13
link | responder a comentário

Nuno
Para já boa noticia!!!


"O Parlamento Europeu não aprovou a emenda do Pacote das Telecomunicações que previa o corte do acesso à Internet sem decisão judicial aos utilizadores que pirateassem música ou fizessem o download de conteúdos ilegais.

A maioria dos eurodeputados acabou por se mostrar contra o artigo que estipulava o corte da ligação sem esperar por uma ordem dos tribunais quando "a segurança pública estivesse ameaçada", ao proibir "quaisquer restrições aos direitos e liberdades fundamentais sem uma resolução prévia das autoridades judiciais", cita o jornal espanhol El Mundo.

Indo directamente contra a lei que a França pretende introduzir, os deputados consideraram a emenda ambígua e restritiva dos direitos dos internautas, uma vez que previa apenas o recurso a posteriori aos tribunais, já depois da Internet ter sido "desligada" com uma simples ordem administrativa.

A falta de aprovação da emenda fará regressar à mesa de negociações todo o Pacote das Telecomunicações.

De momento, terá lugar um período de conciliação aberto para que os Governos voltem a negociar com o Parlamento Europeu. O novo conjunto de medidas, contudo, já não será aprovado nesta legislatura. "
http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/corte_da_internet_compromete_pacote_das_telec_993090.html

deixado a 6/5/09 às 14:05
link | responder a comentário

fidel
mas porque raio têm os camaradas sindicalistas um tratamento de excepção ?

deixado a 6/5/09 às 12:45
link | responder a comentário

Antonio Cunha
Despedir um gajo que não trabalha e passa os dias a dizer aos outros para tambem o não fazer, deve ser proibido.

Muito bem

deixado a 6/5/09 às 13:09
link | responder a comentário

Antônio
eu acho q é o contrário...
muitos mais se deviam juntar ao coro...
Pelo fim do trabalho!!!
Pelo fim do dinheiro!!!
Quem foi o idota (impotente) q inventou isso?
ele q vá trabalhar...

deixado a 6/5/09 às 15:19
link | responder a comentário

3 Antonio Cunha 6 Mai 2009 às 13:09

Despedir um gajo que não trabalha e passa os dias a dizer aos outros para tambem o não fazer, deve ser proibido.

-Essa , confesso não percebi-você está a querer dizer que a malta que está a ser despedida pelos patrões que andam a fujir com o ku á seringa e que não querem p+agar-lhes os ordenados em atraso , são despedidos porque não trabalham?.....

Ou está a falar dos que andam a mamar por conta dos apoios a empresas e que não querem fazer nenhum?.....

deixado a 8/5/09 às 10:29
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador