Sexta-feira, 12 de Junho de 2009
por Pedro Vieira
 

E se o Twitter acabar amanhã de manhã? Dizem que vai acontecer

 



por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

8 comentários:
Antónimo
depois onde é que o Público vai buscar a frase do dia acerca do melhor discurso do antónio barreto no melhor dez de junho escrita pelo melhor director de jornal português no twitter?

deixado a 12/6/09 às 12:32
link | responder a comentário

Qualquer ligação que José Manuel Fernandes mantenha com a realidade de um país maioritariamente de esquerda é, obviamente, uma ligação adúltera, praticada em quartos de motel obscuros.

deixado a 12/6/09 às 13:05
link | responder a comentário

Rafeiro Danado
José Manuel Fernandes? Quem? O chefe da newsletter da Sonae, sabujo-mor do capital? Qual a percentagem que o Belmiro lhe tirou no ordenado?
Que nojo!

deixado a 12/6/09 às 17:42
link | responder a comentário

Belo artigo, quem o escreveu é que não se deu sequer ao trabalho de ler atentamente o pouco texto que está no site. São as aplicações que usamos, não o Twitter, que podem não estar preparadas para lidar com os valores que identificam os tweets. Diga-se que na maioria dos casos bastará alterar o tipo de variável usado para o efeito.

deixado a 12/6/09 às 19:54
link | responder a comentário

António David
Aproveito esta notícia para dizer (repetir?) algo sobre a linha editorial do "Público". É realmente incrível como, ao longo do tempo, de uma forma um pouco lenta e meticulosa, o "Público" se transformou no que é hoje: Um jornal de orientação conservadora, de direita, por vezes até radical. Notei essa marca aquando da 2ª guerra do Iraque, quando, de uma forma clara, inequívoca, mas ao mesmo tempo cega, o "Público" e o seu Director, se colocaram do lado de Bush e da administração americana de então. Depois, parecendo terem tomado o gosto, o jornal e o seu Director prosseguiram (e prosseguem) a sua jornada na "right wing" da política. Em Portugal elegeram como inimigo nº 1 o primeiro ministro Sócrates, o que não deixa de ser paradoxal, sendo Sócrates tido pelos seus adversários à Esquerda como um político de Direita. Imagino que o próprio Sócrates se confunda...

deixado a 13/6/09 às 00:27
link | responder a comentário

Se o Twitter acabar num amanhã qualquer há-de haver logo alguém a criar logo outro e a gente muda-se para esse ;)

deixado a 13/6/09 às 10:59
link | responder a comentário

Antonio Cunha
5 António David

O Avante sim, é um jornal limpo e imparcial.
Ou então o DN com Bobby do Socrates e sua namorada pencuda.

deixado a 13/6/09 às 14:24
link | responder a comentário

Um jornal de orientação conservadora, de direita, por vezes até radical.

Meu Deus que desfeita ao eleito do BE, à Dona Teresa de Sousa, ao São José nao-sei-quê, ao Malheiro e a mais doze.

Se eles lerem o seu post vão chorar.

deixado a 13/6/09 às 17:37
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador