Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
por Ana Mafalda Nunes

 

O “cidadão empenhado” Belmiro de Azevedo, num artigo de opinião publicado este Sábado no semanário “Expresso”, elucidou-nos acerca da sua orientação de voto nas presidenciais de Janeiro. Afirma com “espírito elevado” que vai votar no Prof. Cavaco Silva. Porque, considera ser este o homem “com experiência suficiente para nos assegurar condições de governabilidade” e que afinal a chave para resolver as nossas maleitas está num “Presidente da República que possa ser um ponto de coesão e de equilíbrio”.

Então mas afinal de contas o Professor Silva já não é um “Ditador” sem qualidades de Presidente?

Numa entrevista do Sr. Azevedo à revista “Visão” publicada a 28 de Janeiro deste ano, acusou Cavaco Silva de ser ditador por ter dispensado quando era Primeiro Ministro, quatro amigos seus e “ministros competentes. Mais, diz na mesma entrevista que Cavaco "é um tipo duro, mas não foi talhado" para ser Presidente da República, porque "é um homem do Governo, activo". Mas afinal vai votar no professor para o Governo ou para Presidente? Ou está só a ser incoerente?

Tenho dificuldade em compreender o que mudou na cabeça do Sr. Belmiro para considerar agora, que afinal o Prof. Aníbal, que ocupará (caso seja eleito) “um lugar chato” e de “espaço de manobra limitado”, poderá “utilizar os conhecimentos da sua acção executiva para aconselhar os decisores e influenciar o curso das coisas”. Mas afinal vamos ter um governo (partindo do mesmo princípio que Belmiro parte - que o actual governo cai) com o fantasma dos natais passados a mandar? Ou o Sr. Belmiro considera que os portugueses precisam como castigo para o despesismo do estado de um Ditador que “dispõe das competências certas”?  

O que terá conduzido à incoerência este grande empresário de mercearias? Terá sido o desempenho apagado do actual Presidente que mudou em 10 meses, ou terão sido as suas necessidades e prioridades individuais e empresariais a mudar?


por Ana Mafalda Nunes
link do post | comentar | partilhar

65 comentários:
Antónimo
Já deixei isto no 5 Dias, mas aqui com o Belmiro a coisa é adequada:


«E se neste período festivo que se avizinha, se descascasse o que os hipermercados fazem com a comida e outros produtos que se aproximam do fim do prazo ou com as sobras da pastelaria ou das refeições que servem para fora. Segundo sei são destruídas com detergentes e nem os funcionários têm direito a elas.

Isabel Jonet, presidente do Banco Alimentar, deixou o lugar de financeira em Bruxelas e veio para Portugal parando de trabalhar para ajudar os filhos a integrarem-se no sistema de ensino português. É a mesma mulher que diz que quem recebe o rendimento mínimo devia ser forçado a trabalha na limpeza de mato e assim – passando por alto que muitos pais receberiam misérias de 450 euros que teriam de gastar em amas para os filhos, transportes, e refeições fora.

A mulher no fundo ajuda a aumentar os lucros das distribuidoras.»


deixado a 29/11/10 às 01:00
link | responder a comentário | discussão

"Pirralha...eu?"

Antónimo

Sem entrar em considerações sobre Isabel Jonet, passo de imediato ao que considero fundamental no teu comentário.

António Aleixo disse-o, como só alguém do Povo o poderia fazer:

"O pão que sobra à riqueza
Distribuídp pela razão
Matava a fome à pobreza
E ainda sobrava pão."

Cristina

deixado a 29/11/10 às 13:33
link | responder a comentário | início da discussão

Nuno
A destruição dos denominados "restos" pela indústria de restauração é consequência de legislação, relativa a questões de higiene e saúde pública.


Antónimo
Se uma associação dos restaurantes pretende dar as suas sobras, não vejo que o faça sem suporte. Croissants e leitões assados que não foram vendidos são considerados restos? Por que carga de água?


Nuno
Não conheço a legislação, há por aqui aparentemente quem a conheça...
Esta questão foi levantada várias vezes, desde proprietários até instituições de caridade, e todos apontam para  a impossibilidade legal (que agora até estará em discussão) de entregar as sobras, quer a particulares quer a instituições acreditadas.


A interpretação que faço, é que seria difícil responsabilizar o "doador" no caso de problema de saúde provocado pela "doação".


Reaccionário
A legislação obriga a que os produtos a serem doados sejam transportados com as tuas condições de higiene e salubridade. O artigo que vinha ontem no Público era basicamente sobre isso.

Mas em lado nenhum diz que as sobras ou alimentos prestes a expirar a validade ou prestes a ficarem estragados e sem valor comercial não podem ser colocados nas próprias lojas a preço zero. Por isso os estabelecimentos só não os doam «in loco» porque não querem, se calhar bastava dizerem qualquer coisa como «30 minutos antes de fechar disponibilizamos gratuitamente as sobras do dia, quem quiser que venha cá buscar».
Mas a ASAE tens as costas largas e se calhar o género de pessoas que iam buscar os alimentos não seria do agrado da gerência e por isso manda-se tudo para o contentor e pronto. Problema resolvido sem grandes chatices.

deixado a 29/11/10 às 23:33
link | responder a comentário | início da discussão

Reaccionario
"A destruição dos denominados "restos" pela indústria de restauração é consequência de legislação,"

Isso e' daquelas mentiras que se propagam pela sociedade de uma maneira que so resta saber por interesse de quem.
Se os restaurantes/hipermercados estao assim estao interessados em distribuir as sobras (e nao os restos, porque isso e' lixo, obviamente) tem bom remedio: metem uma banquinha num cantinho do estabelecimento a dizer 'gratuito'. Um metro quadrado de espaco e estava o problema resolvido.
Mas claro que e' muito mais facil deitar tudo no contentor das traseiras e dizer que a culpa e' da ASAE.


"Pirralha...eu?"
Reaccionario

Concordo totalmente contigo, mas deixa-me contar a parte final desta tragédia.

Junto a esses contentores, aglomeram-se pessoas à espera dos despejos das sobras.

Depois, é o que se pode imaginar...

Eu vi uma vez e bastou, porque nunca mais passei por esse sítio a essas horas.

A fome só pode ser mesmo mais negra do que o carvão.

Para acabar com este estado de coisas, era necessário que a maioria das pessoas rejeitasse a cegueira negra em que permanece.

Isto já sou eu agora a imaginar... mas queria ver.

Beijocas

Cristina 


Reaccionário
Pois é Cristina, infelizmente foi ao estado a que chegamos.

Um beijo

deixado a 29/11/10 às 19:40
link | responder a comentário | início da discussão

Ana Mafalda Nunes
"Junto a esses contentores, aglomeram-se pessoas à espera dos despejos das sobras." E há casos em que são depejadas com a vigilância de um segurança que trata de afugentar (certamente com ordens superiores) as pessoas que as aguardam. Eu já testemunhei.

deixado a 29/11/10 às 22:57
link | responder a comentário | início da discussão

Antónimo
Não é só deitar no contentor. É deitar e regar com detergentes. Mas isso a Isabel Jonet não combate.

deixado a 29/11/10 às 17:47
link | responder a comentário | início da discussão


Claro. E até me parece que há um conhecido Restaurante em Algés que já está, discretamente, a fazer isso mesmo.

deixado a 2/12/10 às 14:24
link | responder a comentário | início da discussão

Atenção à linguagem usada - a língua portuguesa tem disto e os mais distraídos caem sempre - não são os restos, porque esses são o que resta dos pratos servidos, mas sim as sobras, que como o nome indica, é o que sobra e que não foi servido.

 

deixado a 29/11/10 às 16:27
link | responder a comentário | início da discussão

Ana Mafalda Nunes
http://www.sexta.pt/Sociedade/restaurantes-vao-poder-dar-comida-que-sobra-em-vez-de-a-deitarem-ao-lixo_1468474 (http://www.sexta.pt/Sociedade/restaurantes-vao-poder-dar-comida-que-sobra-em-vez-de-a-deitarem-ao-lixo_1468474)
Já vem tarde, mas chegou.

deixado a 29/11/10 às 22:47
link | responder a comentário | início da discussão

barlavento
Qual é o negócio do sr engenheiro?  Mercearia asiática, Sector do Retalho!

Agora atenção! O plano de recuperação da Irlanda; 2011-2014, vai cortar no ordenado mínimo; de 1 euro  a 7.65 euros POR HORA.

 Foi a condição, entre outras, imposta pelo FMI, e aceite pelos irlandeses, para garantir o financiamento de 85 mil milhões de euros.

 Em Portugal quem paga o ordenado mínimo? Principalmente o sector do retalho e a hotelaria!

Tal coincidência, tão a propósito e aí temos, o sr Cavaco a receber ordens do merceeiro, de como deve proceder quando o FMI cá chegar.

Esses dois foram e são os principais responsáveis do mal a que chegamos, mas para eles! 

 NÓS SOMOS OS CULPADOS; VIVEMOS ACIMA DAS NOSSAS POSSIBILIDADES!

deixado a 29/11/10 às 01:52
link | responder a comentário | discussão


Bartavento,

Ou mandamos estes cabrões todossssssssssssss levar na rabadilha ou um destes dias morremos há mingua e sem qualquer tipo de dignidade a que temos direito enquanto ser humano.

Ou os direitos é só para alguns???? Parece que os reembolsos da quantias recebidas individamente pelos Cavacos e afins na acomulação de pensões não vai acontecer.

Para rematar, nada mais premente que:

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/mudanca-de-sexo-no-registo-civil-facilitada (http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/mudanca-de-sexo-no-registo-civil-facilitada)

Definitivamente estamos entregues a esta cambada.

deixado a 29/11/10 às 10:27
link | responder a comentário | início da discussão

JMG
Empresário de mercearias?! Tá bem, suspeito que não aprecia muito o homem e, se calhar, também não aprecia empresário nenhum, nem grande nem pequeno. Não sei responder às suas perguntas, mas não põe a hipótese de Belmiro, face às circunstâncias actuais, achar, sem interesses mesquinhos à mistura, que Cavaco é o menor dos males? É que há muita gente que vai votar Cavaco, não porque o aprecie ou sequer lhe atribua as qualidades que muito laranjinha e muito eleitor lhe imagina, mas porque as alternativas são piores. Só isso - não é preciso fazer processos de intenção.

deixado a 29/11/10 às 01:57
link | responder a comentário | discussão

Estou farto de males menores que não resolvem nada. E se alguma vez eu estivesse indeciso no meu voto bastava o sr. Azevedo dizer que apoiava o Cavaco para nunca mais votar nele. E não tenho nada contra empresários, desde que respeitem e dignifiquem quem para eles trabalha se o merecerem. O que não é de modo algum a postura do sr. Azevedo. Infelizmente também não é o único.


Betovsky, disse tudo e muito bem. Subscrevo-o.

deixado a 29/11/10 às 12:32
link | responder a comentário | início da discussão

Lear
Se nenhuma alternativa agrada minimamente, para se ser coerente tem de se votar em branco.
Eu, é o que espero fazer.

deixado a 29/11/10 às 20:29
link | responder a comentário | início da discussão

jerôme
À moi, ce que je ferai c'est comme le dit Cantonna:

http://www.youtube.com/watch?v=o5pfHZd6NfE&feature=player_embedded (http://www.youtube.com/watch?v=o5pfHZd6NfE&feature=player_embedded)

 

deixado a 29/11/10 às 08:16
link | responder a comentário

"Pirralha...eu?"
Foi a Leopoldina que lhe deu a volta ao miolo...

Cristina

deixado a 29/11/10 às 10:07
link | responder a comentário | discussão

Sobrinha,

Não foi nada, ele dá é volta ao nossos miolos.

Este é do estilo Cavaco, que sem ter nada a ver com revoluções, sentaram-se no sistemas/mercados e é-lhes permitido tudo até dar palpites a seu bel prazer.
Este que já foi um PS encartado

Para o bando beijos
para o mano novo, até amanhã camarada


"Pirralha...eu?"

Tio Bolota


Falando a sério, tens razão e acrescento mais umas coisinhas, partindo do princípio que toda a gente sabe que a Leopoldina é uma avestruz, mascote do Continente do Belmiro.


O que me lixa mesmo, é verificar que há muitas Leopoldinas no nosso País.


Enterram a cabeça na areia e ainda querem convencer os outros a fazerem o mesmo.


Para além de ser uma posição desconfortável, deixa aquela parte do corpo muito vulnerável… olha, rimou!


Como não vejo uma vontade séria de combater esta merda, vou tentando utilizar o “gozo” como forma de luta individual.


Assim, vou mandar um link que não deves poder ver em directo, mas quando aparece um sapo no caminho…


 http://jornaldofundinho.blogspot.com/2008/11/leopoldina-acusada-de-pedofilia-pela.html (http://jornaldofundinho.blogspot.com/2008/11/leopoldina-acusada-de-pedofilia-pela.html)


Aquele grande abraço do cota.


Beijocas do bando das quatro


Cristina


 


 


deixado a 29/11/10 às 13:07
link | responder a comentário | início da discussão

Ana
Não sou adepta do modo como o Belmiro de Azevedo desenvolveu o seu mundo Sonae. Começou no sector produtivo mas na verdade o seu destaque deve-se à rede de distribuição e comercialização de bens de consumo.
Belmiro destaca-se pela sua politica de emprego, bem-estar dos seus colaboradores e responsabilidade social? Não, há mil e uma historia de abusos dos direitos dos trabalhadores nas suas empresas.
Belmiro destaca-se neste país pelas suas acções de solidariedade ou de mecenato? Não
Belmiro nunca se destacou pela sua inovação social por isso diga lá Ana Mafalda, o que esperava deste homem? Mais do mesmo, defender os seus interesses empresariais imediatos.

deixado a 29/11/10 às 11:14
link | responder a comentário

PedroM
"Tenho dificuldade em compreender o que mudou na cabeça do Sr. Belmiro"
Tem? Talvez o facto de esperar uma candidatura decente do PS e aparecer uma trafulhice do BE...

"este grande empresário de mercearias?"
Éh, éh, este fresco ressabiamento ideológico boçal e pueril marca sempre uns pontinhos junto do chefe Daniel. Está no bom caminho. Talvez o chefe a leve um dia para o assessorar no secretariado dos panfletos que ele escreve ao soldo do outro grande empresário de pasquins - que presumo se dê muito bem com o das mercearias.

deixado a 29/11/10 às 11:34
link | responder a comentário | discussão

Ana Mafalda Nunes

Pedro, há algo aqui que me leva a ter de, ainda que distanciadamente, concordar consigo, o PS, o BE e até mesmo o PCP deveriam em conjunto ou em separado ter apresentado aos Portugueses alternativa(as) fortes ao Professor.
Do resto do azedume e adjectivação... nada.

deixado a 29/11/10 às 23:13
link | responder a comentário | início da discussão

Rui F

PedroM

Belmiro contorcionista é apanágio.
Merceeiro mor? Obviamente.

deixado a 30/11/10 às 09:09
link | responder a comentário | início da discussão

Este sr azevedo é um dos papagaios mor da republica.


é deixa-lo falar !!!!

deixado a 29/11/10 às 11:47
link | responder a comentário

Rui F

E…a Esquerda desunida que se prepare igualmente para os contorcionismos não só da Direita mas também do PS desamparado, partido, perdido, vazio e incompetente.


Este PS Sócratino/Soarista merecem COMPLETAMENTE a escorraça que se vai dar quando o Passos e o Cavaco tomarem o poder nas mãos, MERECEM, independentemente de sabermos que “the Orange young” andar já com o rabinho a dar a dar.


Vamos assistir a uma guinada à esquerda que estes bezerros sem teta vão dar, quando passarem para a oposição no parlamento e nas instituições do Estado.


 


Mas até a direita chegar ao poder não faltarão informações e contra informações (vindas da direita) sempre no sentido de agradar aquela parcela de votantes do MEIO-termo (e da esquerda), afinal de contas aquela que vai determinar a entrada da direita.


 


Silva Penada já deu o mote aos “camaradas”.


deixado a 29/11/10 às 12:02
link | responder a comentário | discussão

" Silva Penada já deu o mote ...”.


 


Parente


 


Não arranjas melhor exzemplo??? Silva Peneda é apenas e só um dos país, mãe, avô ou  tio do sistema.


 


Amigão, acredito mais em ti que nem te conheço, do que nestes PAPAGAIOS de ocasição.


 


Hoje teve algum interesse em dizer o que disse, mas  amanhã dirá o seu contrario.


 


Abraços




Rui F

Parentão


 


Por isso mesmo. O Silva Peneda deu o mote do que PSD, Passos, Cavaco, etc, vão fazer. Belmiro guina (guinou para o PS quando viu que o Cavaquismo ia cair de podre) para o lado que tem ali mais à mão. Agora guinou para a ditadura, logo aseguir guina para o PC se algum dia tiver a câmara do Porto. E por aí.


E guinará toda a direita se isso for para sua conveniência.


 


Não preciso de melhor exemplo. É exactamente este o caminho que a direita vai fazer: penetrar à esquerda para ganhar a maioria. Quem ouve por vezes falar o Paulo Portas, dá a impressão de ser militante moderado do PC. Penetrar na Esquerda para conquistar a maioria que precisam para governarem à direita, vai ser o mote.


 


Mas pior…com a Esquerda a discutir MAIS ideologia e MENOS política, a vitória da direita vai ser canja.


(Diria até, canja de rolas, perdizes e pombos que é a melhor canja do mundo!)


 


Abração


deixado a 29/11/10 às 14:28
link | responder a comentário | início da discussão

Rui F

Não seria "Silva Penada já deu o mote aos “camaradas” mas sim Silva PENEDA


deixado a 29/11/10 às 12:05
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador