Domingo, 7 de Março de 2010
por João Rodrigues


"A maioria dos economistas comete o que eu, de forma profissionalmente cautelosa, chamo de fraude inocente. É inocente porque a maioria dos que a cometem não tem culpa consciente. É fraude porque está discretamente ao serviço de um interesse especial. Comecemos pelo capitalismo, uma palavra que saiu largamente de moda. A referência respeitável agora é sistema de mercado. Esta mudança minimiza, na realidade apaga, o papel da riqueza no sistema económico e social (…) Em vez dos detentores do capital ou dos seus serventuários no controlo, temos forças de mercado admiravelmente impessoais. É difícil imaginar uma mudança de terminologia mais no interesse dos que detêm o poder que é dado pelo dinheiro. Eles têm agora um anonimato funcional (…) Uma fraude mais generalizada domina o pensamento económico e político: a ideia de uma economia de mercado separada do Estado (…) [P]oucos economistas assinalam a cooptação pela empresa privada de funções que geralmente são atribuídas ao Estado (…) O que devemos procurar nestas matérias é razoavelmente evidente: usar linguagem simples para exprimir a verdade com clareza.” [minha tradução]

John Kenneth Galbraith (1908-2006), “Free Market Fraud”, 1999.

por João Rodrigues
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
Justicialista
Passamos de uma economia de mercado para uma sociedade de mercado.

deixado a 7/3/10 às 17:53
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador