Segunda-feira, 21 de Junho de 2010
por João Rodrigues


As medidas de austeridade em curso por toda a União Europeia, mas com especial violência nas suas periferias, põem em causa a recuperação económica, aumentam o desemprego, aprofundam a fractura social e não resolvem, longe disso, o problema dos desequilíbrios nas relações económicas entre países com profundos desníveis de desenvolvimento. O resto da crónica do i pode ser lido aqui.

por João Rodrigues
link do post | comentar | partilhar

12 comentários:
cafc
Meu caro João Rodrigues

Eu, ignorante confesso das questões "macro", ainda penso que esses "poderes" deveriam estar sujeitos ao Poder Político.

A verdade, para mim, é que os "eleitos pelos Povos" não passaram de "testas de ferro" dos interesses económicos e pior do que isso, hoje, são os fieis serventuários dos especuladores financeiros.

Mas, isto, sou eu a tentar pensar que, afinal, o "nosso" voto só tem servido para escolher quem nos poderá "lixar" um pouco menos...

Pela segunda vez, coloco este link:

http://www.youtube.com/watch?v=XcAVjCu6Mck

E pela segunda vez, interpretem-no como quiserem. Eu já estou farto do "circo europa", que já não consegue dar pão a "n" cidadãos.

Um abraço.

Carlos

deixado a 21/6/10 às 18:47
link | responder a comentário

Pedro
Eu sou metade alemão e sinto-me ofendido com tanta xenofobia contra o nosso povo promovida pela extrema esquerda, já acabavam de culpar a Alemanha pela incompetência dos políticos portugueses e europeus resultantes da democracia, só espero que a Alemanha seja o primeiro país europeu a começar a revolução europeia, a democracia está a destruir este continente! Europa aos Europeus, Oligarquia meritocrática já!

deixado a 21/6/10 às 20:33
link | responder a comentário

Duma forma prosaica - como só pode ser porque nada percebo de economia: destilam o veneno sem perceberem que enchem a própria boca do mesmo?!

E a partir daqui?

deixado a 21/6/10 às 22:44
link | responder a comentário

da Maia
... e ao lado dessa, também lá está esta:
http://www.youtube.com/watch?v=LtNFQ7RJbaQ

deixado a 21/6/10 às 22:58
link | responder a comentário

da Maia
No meio de tanta confusão, acho que começa a ficar claro que há uma diferença de perspectiva europeia entre a França e a Alemanha.
Sem entrar noutras considerações mais estranhas, estaria pelo lado alemão... se bem percebo o que se está a passar!
O lado Alemão representa uma Europa com estados independentes e responsáveis, i.e. não querem ver uma Europa com capital em Bruxelas... com aspecto de união política federal, comandada pelos bastidores - ou seja pelos "franceses" (chamemos-lhe assim).

Parecem-me estar a tentar ser os últimos resistentes a uma sociedade com uma super-potência: EUA+EU comandada por uma mesma elite financeira, com simulacros eleitorais, com comunicação social controlada, com um Mano Velho cada vez mais actuante.

Mais uma vez... a Alemanha, que ainda não esqueceu a história, quer ser dona do seu destino e não quer adormecer com a picada do fuso unitário, que lentamente circula no sangue.
Ficará sozinha, a fazer o papel de má da fita, entrando por ideias nacionalistas?... esperemos que não!

Haveria uma solução mais simples - apoiar medidas proteccionistas entre os estados, para fortalecer a independência de cada um... mas isso, lá está, não agrada ao seu sector produtivo (e contará com a feroz oposição francesa - que, no entanto, não prescinde da sua protecção agrícola).
O sector produtivo alemão alimenta-se justamente da fragilidade e dependência tecnológica dos estados "mais atrasados"...

Parece-me assim haver uma bipolaridade alemã, que pelo lado político seria a resistente (não aristocrata) ao Mano Velho, mas que economicamente está corroída por ele...
A situação de equilíbrio agora é mais frágil pois a Inglaterra (na linha resistente aristocrata) parece ainda estar muito debilitada.

deixado a 21/6/10 às 23:34
link | responder a comentário

Daniel
não sei se alguém, nos últimos dias, colocou este este link no arrastão, mas deixo aqui mais lenha para a fogueira:

http://www.youtube.com/watch?v=m1nePkQAM4w

cumprimentos.

deixado a 22/6/10 às 01:41
link | responder a comentário

cafc
Meus caros da Maia e Daniel

Desconhecia os links que colocaram. Esta é uma das virtudes deste espaço, ou seja, a partilha do que cada um conhece. Digamos que é uma forma de resistência aos "Velhos", que ocultam o que não lhes convem. Pudera...

Na mesma "linha" do meu link, deixo este:

http://www.youtube.com/watch?v=YzN9uqb97bA

Quanto tempo vai demorar para os Povos dizerem:

Morram os causadores dos "Ais", Pim?

Abraços.

Carlos

deixado a 22/6/10 às 12:46
link | responder a comentário

cafc
Espirrou?

Santinho!!!

Carlos

deixado a 22/6/10 às 12:54
link | responder a comentário

cafc
Cara amiga Graça

Se não acordarmos, colectivamente

http://www.youtube.com/watch?v=qpwSajywzNw&feature=related

Mais uma contribuição para a "inquietação".

Um abraço "cassandrístico".

Carlos

deixado a 22/6/10 às 13:20
link | responder a comentário

Pois é, meu amigo, entretanto e por cá, seguem as medidas de "apoio" à banca e cortam-se os apoios a quem mais deles precisa: reformados e desempregados.

Acordar?? Mais do que a dormir, caro Carlos, estão completamente anestesiados.

Com as minhas desculpas aos mais sensíveis, era pôr-lhes um apito na boca e um foguete no fiofó. Tínhamos fanfarra e fogo de artíficio na despedida desta gente.

Abraço "cassandrístico"

deixado a 22/6/10 às 16:22
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador