Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Bibliotecário de Babel

Daniel Oliveira, 13.01.08

bibliotecariodebabel-logo.jpg



Gostei e repito a dose. Esta semana o blogue volta a ser de livros. Tal como o Cadeirão Voltaire, nasceu há pouco mais de um mês. Mas esta escolha é especial. Há já alguns anos o José Mário Silva falou-me desse fenómeno que crescia nos EUA e em Portugal dava os primeiros passos. E falou-me do seu: o Blogue de Esquerda. E convidou-me para escrever por lá. Numa altura em que os blogues eram poucos, os blogues de política quase nenhuns e os leitores quase um grupo de amigos. Assim comecei a aventura de blogger. Convidado por José Mário Silva. Abandonei-o para criar o Barnabé. Mas várias vezes voltámos a cruzar os nossos caminhos. E outras voltaremos.

O Zé Mário, com quem trabalhei algumas vezes e que me habituei a ver como um daqueles amigos que nos obriga, pelo exemplo, a ser decentes na vida, é um gajo magnífico. Aqueles a quem não se consegue dizer nunca que não. Mas felizmente é também muito talentoso, informado e inteligente.

O José Mário Silva tem vários blogues e muda com frequência de casa. No último que criou está entre livros, que é como se sente realmente à vontade. O blogue é excelente, como não podia deixar de ser, não fosse feito por autêntico decano da blogosfera. Bem escrito, claro. Inteligente, evidentemente. Com um grafismo elegante, como se espera. Claro que não me modero nos adjectivos. Visitem o Bibliotecário de Babel. Digam que vão da minha parte. E, já agora, passem também pelo A Invenção de Morel, o outro blogue do Zé Mário.

2 comentários

Comentar post