Terça-feira, 30 de Setembro de 2008
por Pedro Vieira

por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

39 comentários:
rosinha dos limões
O homem era indigente, que diabo....e pediu ajuda!!!
Quantos dos que agora "mordem"...é que pediram ajuda???? Afinal aquilo era só pedir...

deixado a 30/9/08 às 01:01
link | responder a comentário

salvoconduto
É o segundo soco que ele me prega...

deixado a 30/9/08 às 01:03
link | responder a comentário

Manuel Leão
Pedro Vieira:

Pedro Sales, em resposta a uma pergunta minha, no "post" «Arranja-me uma casinha», respondeu assim: «É óbvio que as notícias que têm saído têm vindo todas da mesma fonte: Santana Lopes e a sua antiga vereadora. É por isso que os nomes que saíram, de uma forma ou de outra, remetem todos para a esquerda, mesmo sendo certo que Pedro Feist até reconhece que no tempo do Abecassis se formavam filas à espera do seu apartamentozinho».

Mas, entretanto, é apenas o nome de Batista Bastos que vai servindo para ilustrar e satirizar mais este ignóbil caso de abuso do poder. Quando e se um dia a lista completa sair, o que vai ficar, deste caso, será pouco mais do que a crítica e a sátira, mesmo que legítima, ao Batista Bastos. Se vos parece bem, tudo bem. O critério obviamente é vosso.

Disclaimer: Não conheço Baptista Bastos pessoalmente, mas tão só dos livros.

deixado a 30/9/08 às 10:14
link | responder a comentário

A verdade é que a credibilidade de Baptista Bastos, foice.

deixado a 30/9/08 às 10:56
link | responder a comentário

pertinente
Entre os beneficiados com casinhas pela Câmara de Lisboa há até um Presidente da República em exercício actualmente.
Basta passar no Martim Moniz e ver que até tem placa na porta do prédio.

deixado a 30/9/08 às 11:36
link | responder a comentário

Bem, criticas aos das casas e casinhas aparte tenho que dizer:--esse rabisco esta demais!
;)

deixado a 30/9/08 às 12:23
link | responder a comentário

João Gomes
Os outros nunca de decepcionam, apenas me decepcionam os amigos e as pessoas de quem gosto, por este ou aquele motivo.
E o Baptista-Bastos deixa-me decepcionado.
O clientelismo é transversal a todos os partidos que, de uma ou outra forma, exercem o poder. Direi mais, é uma das características por inerência do chamado regime democrático.
Essa gente não tem vergonha na cara. Veja-se o exemplo de Ana Sara Brito: pagava 146,00 euros por uma casa da CML, usufruindo de uma reforma de 3 350,00 euros. E diz que não se demite! Pior, o Costa está solidário com ela e não a demite.

OBS: os dados sobre a Ana Sara Brito foram extraídos do Público. Que não é própriamente uma fonte muito credível.

deixado a 30/9/08 às 12:54
link | responder a comentário

João Gomes
Os outros nunca me decepcionam, apenas me decepcionam os amigos e as pessoas de quem gosto, por este ou aquele motivo.
E o Baptista-Bastos deixa-me decepcionado.
O clientelismo é transversal a todos os partidos que, de uma ou outra forma, exercem o poder. Direi mais, é uma das características por inerência do chamado regime democrático.
Essa gente não tem vergonha na cara. Veja-se o exemplo de Ana Sara Brito: pagava 146,00 euros por uma casa da CML, usufruindo de uma reforma de 3 350,00 euros. E diz que não se demite! Pior, o Costa está solidário com ela e não a demite.

OBS: os dados sobre a Ana Sara Brito foram extraídos do Público. Que não é própriamente uma fonte muito credível.

PS: correcção feita no primeiro parágrafo.

deixado a 30/9/08 às 12:59
link | responder a comentário

A propósito, faço meu o seguinte comentário de Alves da Costa no Blasfémias:
"(...) É mais que tempo de se averiguarem as condições em que dois edifícios municipais, fronteiros à Assembleia da República, na Rua de S. Bento, em Lisboa, foram dados à Fundação Mário Soares.
Não se diga que o assunto é de somenos.
Trata-se de dois prédios localizados numa zona central e histórica da capital, que foram entregues (aparentemente sem quaisquer contrapartidas) a uma instituição privada, cuja actividade exclusiva, até agora, tem sido a de receber subsídios do Estado e do Município, promovendo de vez em quando uma ou outra iniciativa de promoção da imagem do patrono.
Importa, designadamente, apurar a intervenção do filho desse mesmo patrono, enquanto presidente da CML, nas referidas doações (dos imóveis e subsídios).
Vamos a isso?"

deixado a 30/9/08 às 14:19
link | responder a comentário

Álvaro Castelinho
João Soares apregoou aos quatro ventos que tinha dado uma casa da Câmara a Mário Cesariny. Apregoou aos quatro ventos que tinha dado uma casa da Câmara a Ramos Horta. Apregoou aos quatro ventos que tinha dado uma casa da Câmara a várias outras pessoas. Está tudo escarrapachado nos jornais ao tempo. Mas agora aqui del-rei que não se sabia de nada disto etc, etc...
Será que também vão desalojar os partidos políticos (BE incluído!!) que receberam (propagandeado devidamente pelos presidentes da autarquia à época) imóveis.
Já agora, a sede da extinta UDP, na Rua de S. Bento, foi atribuída a quem depois da extinção? E a sede do PSR na Rua da Palma?

deixado a 30/9/08 às 14:49
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador