Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Prioridades

Daniel Oliveira, 29.07.08
Portugueses que vivem abaixo do limiar da pobreza: cerca de 2.000.000.
Beneficiários do Rendimento Social de Inserção: 311 mil (quase 40% são menores)
Despesas anuais com o Rendimento Social de Inserção: 371 milhões de euros.
O valor médio da prestação de RSI por beneficiário: 83 euros.

Lucro dos cinco maiores bancos portugueses em 2007: 8,7 milhões de euros por dia.
Perda anual de receita fiscal devido aos benefícios fiscais à banca: cerca de 700 milhões euros.

Agora comparem o tempo que se dedica a um assunto e a outro.

PS: alguns comentadores tiveram alguma dificuldade em acompanhar este simples raciocínio lógico: o que se compara neste post com as despesas com o RSI são os benefícios fiscais à banca e não o lucro da dita. E em que contexto é que se gasta o RSI? O da existência de dois milhões de pobres. E em que contexto é que se dão os benefícios fiscais à banca? Quando ela tem quase nove milhões de euros de lucro diário. Assim trocado por miúdos já está claro?

59 comentários

Comentar post

Pág. 1/6