Sábado, 27 de Setembro de 2008
por Daniel Oliveira




Mais tarde irei mais longe. Mas, sobre o debate entre McCain e Obama, pode-se começar por dizer algumas coisas:
1 - O pior momento para tratar assuntos com a complexidade da política externa, onde quem ouve sabe tão pouco e quem fala tem de ter isso em conta, são campanhas eleitorais. Nada passa do básico.
2 - Apesar de discordar de metade do que Obama disse sobre política externa, esta deve ser a campanha em que há diferenças mais profundas entre os candidatos republicano e democrata.
3 - McCain representa uma continuidade quase absoluta da administração de George W. Bush em política internacional (ainda mais do que se poderia prever), Obama está longe de representar uma revolução, mas representa o regresso ao período pré-Bush.
4 - Segundo todas as sondagens que vi até agora, os americanos consideraram que Obama ganhou o debate, quer no que toca à política externa, quer no que diz respeito à economia. Este era o debate mais dificil para Obama, aquele onde a sua inexperiência mais pesava. E esta era a vitória que McCain mais precisava, quando está no seu pior momento. A percepção de que Obama venceu é excelente para o candidato democrata.
5 - McCain perdeu mais onde mais precisava de ganhar: na economia. E é disso, e não do Iraque ou do Afeganistão, que os americanos vão falar nos próximos dias.


Quem quiser ver o debate completo clique no link em baixo.














por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

24 comentários:
Mccain foi o vencedor do Debate, ainda que por uma escassa margem, esteve mais seguro e acertivo que Obama, que, por vezes, parecia comportar-se como o seu Vice.

http://planetaspolitik.blogspot.com/2008/09/debate-1-round.html

deixado a 27/9/08 às 11:31
link | responder a comentário

-Segundo o que li na imprensa americana, os analistas consideram não ter havido vencedor. Gostei da ideia de Obama ir atrás de Bin Laden, nem que para tal fosse necessário atacar o Paquistão, julgo que ele não terá essa hipótese em mente, mas demonstra firmeza, tal como registei McCain pedir mais regulação para a economia, e Obama não o fazer. É por estas que pela primeira vez desde que me conheço, apoio um candidato Democrata.

deixado a 27/9/08 às 12:55
link | responder a comentário

Minhoto
Este Obama tem vindo a desiludir-me pois parece-me cada vez mais um candidato-cabide.
O McCain ganhou o debate claramente pois Obama anda ás aranhas, invadir o Paquistão na área tribal assim a seco faz lembrar o Bush. Obama passou o debate a concordar com o McCain ( 11 vezes parece-me), a repetir chavões sobre economia (impraticáveis nos EUA, mesmo que ganhe nunca vai fazer o que diz) e a levar reprimendas paternalistas do avozinho.
McCain esteve sereno, Obama agitado.
Parece-me um pouco mimado este Obama.

deixado a 27/9/08 às 12:32
link | responder a comentário

Manuel Leão
McCain foi "bom" a dizer que Obama não entendia os assuntos. Disse-o uma série de vezes. Mas nunca conseguiu explicar porquê. McCain apela àqueles chavões patrióticos e põe ênfase nas questões de segurança e na luta contra o terrorismo. O apelo do medo.

Obama conseguiu colar McCain à política de Bush, de uma maneira simples e directa. Falou da perda da influência da América no Mundo, precisamente devido às guerras, principalmente à guerra no Iraque.

Mas o debate (?) foi muito pobre e monótono. Digo debate, mas aquilo não passou de duas séries de monólogos, intercalados. Não houve interactividade, logo não houve debate.

deixado a 27/9/08 às 12:49
link | responder a comentário

João Gomes
Pelo que tenho lido, Obama ganhou o debate.
Vi o debate (grande pachorra, a minha!) e não gostei. Apesar de não ter gostado, acho que o Obama esteve menos mal do que o McCain em todos os aspectos, mesmo na política externa.
De qualquer modo, o que um e outro dizem agora não será certamente o que farão no futuro. E espero bem que o Obama, caso ganhe as eleições, corrija algumas das suas posições em política externa.
McCain é mais do mesmo, ou seja, quer prolongar o mandato do Bush por mais, pelo menos, um mandato.
Daniel, tens agora uma outra espécie de "inimigos": aqueles que munidos de tratados gramaticais não te perdoam uma falha ou gralha. Sobre os posts dizem nada...

deixado a 27/9/08 às 12:58
link | responder a comentário

Toino
Pois, venha o diabo e que escolha um, nunca entendi porque a esquerda moralista optou por Obama, na América do Norte para se xegar a Presidente é preciso muita cedência e Obama não é excepção, Obama fará o que os outros já fizeram, os EUA estão numa encruzilhada, só uma revolução mudará os EUA, tentaram no 11 de Setembro mas saiu ao contrário.

deixado a 27/9/08 às 13:00
link | responder a comentário

Minhoto e Bruno, ganha um debate quem consegue convencer mais pessoas que o ganhou. Segundo as sondagens da CBS e CNN, as que vi até agora, Obama ganhou, sem grandes margens para dúvidas.

deixado a 27/9/08 às 14:01
link | responder a comentário

Obama ganhou e ganhou muito bem.

Demonstrou a sabedoria necessaria para se manter tranquilo perante as patetices de um Maccain que para alem de dizer que e o maior , nada mais disse.
A nao ser e claro que o que e bom e manter os privilegios para as classes dominantes e outros outros que se lixem.
Maccain e um velho hipocrita.

Obama e um Homem sereno.
Vai concerteza ser um Grande Presidente.

deixado a 27/9/08 às 14:06
link | responder a comentário

Minhoto
Daniel Oliveira, é assim que analisa um debate?
Não consegue ser imparcial e notar as capacidades de retórica e de argumentação de cada um dos candidatos?
Por esse ponto de vista o Louçã perde sempre os debates no Parlamento contra o Sócrates pois este têm a maioria do voto do seu lado e o Louçã uns insignificantes 5%, se fossemos para a rua a opinião mantém-se com oscilações reduzidas, contudo o senhor sabe tão bem como eu que isso não é verdade.
Desculpe mas vê-se claramente que esta sua resposta tem fundamento quando lhe falta algo para dizer ou seja trata isto como se fosse uma questão de clubite que no fundo acaba por ser pois
quer ganhe o Obama ou o McCain vai haver muita gente realizada pois o seu "senhor" ganhou no campo de batalha ao "senhor" dos outros. Ou não é assim Baldrick Oliveira?
http://br.youtube.com/watch?v=328Q79GoR7g

deixado a 27/9/08 às 15:41
link | responder a comentário

Obama ganha com a sua facilidade de expressão. McCain ganha com uma certa convicção que mostra. Os USA (e infelizmente o resto do mundo)perdem com a pobreza de ideias e soluções de ambos os candidatos.

Von

deixado a 27/9/08 às 16:04
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador