Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

O "factóide" Campos

Pedro Sales, 01.08.09



Em menos de 48 horas, Paulo Campos foi à televisão desmentir o seu próprio desmentido. Afinal, não só nunca foi amigo de Joana Amaral Dias como, depois de sempre ter negado qualquer convite, foi obrigado a reconhecer que lhe telefonou “para indagar da possibilidade de ir nas listas do PS”. O eufemismo é enternecedor, mas não tanto como ver um governante a referir-se a si próprio na terceira pessoa. O Paulo Campos isto, o Paulo Campos aquilo, o Paulo Campos fez um “tefonema”. Miguel Vale de Almeida tem razão. Este caso é um imenso factóide. Dá pelo nome de Paulo Campos, é secretário de Estado de um Governo de José Sócrates, e espero que continue a marcar presença regular na televisão. Há muito que não me divertia tanto.

68 comentários

Comentar post