Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

A última vítima da Fox News

Daniel Oliveira, 29.10.09

Para perceber este post é fundamental ver os vídeos.



A nova vítima da FOX News é a ACORN (site aqui), uma associação com dezenas de milhares de voluntários que faz um excelente trabalho nas comunidades mais pobres dos Estados Unidos e que está próxima do Partido Democrático. E, pecado dos pecados, conseguiu que muitos negros e pobres se registassem nas últimas eleições.



Desde então, os republicanos nunca mais os largaram. E, claro, a Fox News. A começar por uma suposta e falsa fraude eleitoral.



Agora, a campanha finalmente resultou. Os erros de meia dúzia de voluntários, entre milhares, (envolvidos num caso de prostituição) chegaram para que o órgão central da direita americana começasse uma campanha sem precedentes que já teve resultados. Daquelas que as grandes corporações nunca conheceram. A ANCORN perdeu os apoios públicos. No país que enterrou milhões em empresas responsáveis por mega-fraudes não deixa de ser irónico.



Atrás da ACORN está a FOX, é verdade, e os lobbies que não apreciam o seu trabalho. E se nasce uma campanha e se quebra, nos media, a espinha aos que incomodam interesses suficientemente poderosos para serem desafiados. No caso: os bancos, os empregadores que não querem o aumento do salário minimo e, claro, o Partido Republicano.



A ver se nos entendemos: a Fox é uma organização política. A sua liberdade de expressão deve ser defendida. Como a de qualquer órgão de comunicação social. Mas as suas campanhas devem ser combatidas politicamente.

Para perceber o que é a Fox News, aqui fica um caso. Apenas um. E em que é dito, de forma clara, o que é aquela organização do magnata Rupert Murdoch.



E deixo aqui, para quando tiverem tempo, um documentário antigo e longo sobre esta extraordinária organização. "Outfox" não é apenas sobre a Fox. É sobre o que está a acontecer às nossas democracias.

37 comentários

Comentar post

Pág. 1/4