Segunda-feira, 18 de Maio de 2009
por Pedro Vieira
Professora de Espinho suspensa por alegada conversa sobre orgias sexuais na sala de aula

 



por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

45 comentários:
Vicente de Lisboa
Ouviram hoje o CDS? I told you...

deixado a 20/5/09 às 18:16
link | responder a comentário

Pois é,

Para além do meu comentário nº 3, também opinei assim

http://atributos-1.blogspot.com/2009/05/as-bufas-chibaram-setora.html

Melhores cumprimentos
Jm

deixado a 20/5/09 às 20:23
link | responder a comentário

Preservativos SIM
...e quando foram distribuidos preservativos pelas escolas, então sim. É só fornicar de todas as maneiras e feitios. Para os que não sabem mais que uma ou duas posições, o Ministério, deve juntamente com os ditos preservativos, fornecer um folheto do Kamasutra. Deve igualmente, arranjar alguns quartos de fornicamento lá na escola, porque é chato ter que o fazer em qualquer jardim ou esquina.
Fornecer só preservativos não é suficiente.

deixado a 20/5/09 às 21:18
link | responder a comentário

João Baptista Magalhães
O que levará uma professora de Espinho, tida como exemplar, a ter aquele comportamento que o vídeo de um telemóvel revela?!... Que tipo de formação desenvolvemos, quando achamos natural que uma aluna, com cerca de 15 anos, leve um gravador para a sala de aula com o objectivo de, secretamente, gravar o que uma professora diz?!...


O sindroma “burnout”manifesta-se nas profissões com falta de recursos, excesso de stress, sentimento de hostilidade, reuniões em excesso, frustração de expectativas, sentimento de desinteresse e de injustiça na avaliação dos superiores, carga excessiva de trabalho, depressão e insensibilidade em relação a tudo e a todos.


Quem manifesta este sindroma tem comportamentos do tipo dessa professora. Comportamento que é semelhante ao de um gato acossado que se atira contra tudo o que estiver à sua frente, nomeadamente as paredes.


Dizem-me que no ensino, na saúde, na administração pública começam a surgir casos semelhantes ao da professora de Espinho.


Em todos os manuais há um princípio a que qualquer reforma deve obedecer para evitar o sindroma de “burnout": nenhuma reforma deve ser feita sem gerar confiança pela participação dos visados .


Este Governo desprezou por completo este princípio, gerou em muitos locais de trabalho um ambiente de suspeita e"bufaria", tratou com desprezo professores, médicos, trabalhadores da função pública, juízes, etc. e nestas circunstâncias é muito natural o crescente aparecimento do sindroma de “burnout”.


Não tenhamos dúvidas!...

deixado a 20/5/09 às 22:32
link | responder a comentário

Preservativos, bom mesmo que o façam sem preservativos.

deixado a 21/5/09 às 01:09
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador