Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Cuspir na sopa

Daniel Oliveira, 29.08.10
A crónica já aqui citada pelo Sérgio não merece, de tão pueril, grande comentário. Quem acha que a afirmação política da cidadania é inconsequente se não advogar a lei da bomba merecia experimentar por um dia que fosse as maravilhas das trincheiras,  E é olhar para o Afeganistao para ver como resulta.

A verdade é que meio século de paz na Europa criou uma geração de meninos guerreiros de sofá. Pensando noutros colunistas que gostam de alardear as suas origens humildes, é o mesmo fenómeno que leva tantos filhos do Estado Social a desprezar o que a mobilidade social lhes permitiu. Preferem acreditar que o mérito chegaria.

Há jovens americanos que se alistaram para combater no Iraque e no Afeganistão para assim pagarem os seus estudos. Estou seguro que muitos dos nossos jovens turcos gostariam de experinentar este dois em um. Contribuiam para os "direitos humanos" no Mundo e aliviavam o peso do Estado.  Talvez dessem então valor ao que lhes ofereceu esta "decadente" e "cobarde" Europa social: meio século de paz e de oportunidades.

54 comentários

Comentar post