Domingo, 24 de Abril de 2011
por Daniel Oliveira

O FMI teve lucros em quatro dos últimos seis anos fiscais - entre 2005 e 2010 - e já reviu em alta de 63 por cento as previsões de resultados operacionais para este ano, graças aos empréstimos aos países europeus em dificuldades. As previsões de 328 milhões de SDR (524,8 milhões de dólares, ao câmbio de hoje) comparam com projeções iniciais de 202 milhões de SDR, feitas em abril de 2010, e refletem os reflexos positivos -- para as contas do fundo -- dos empréstimos à Grécia e à Irlanda, sem contar ainda com o empréstimo a Portugal, cujo valor ainda não foi fixado. Os novos empréstimos, aprovados depois de abril de 2010, incluindo os 30 mil milhões de euros à Grécia e os 22,5 mil milhões à Irlanda, "fizeram aumentar as previsões de resultados de crédito em cerca de 102 milhões de SDR [163,2 milhões de dólares], incluindo 74 milhões de SDR em taxas de serviço e 28 milhões nas margens da taxa de juro cobrada", refere um recente relatório financeiro do FMI. Aqui


por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

66 comentários:
"Pirralha...eu?"
Abutres, quando viajam de avião.

Quando aterram, transformam-se em hienas.

Quem conseguir ouvir as suas gargalhadas, julga que elas estão a rir de quê?

Cristina

deixado a 24/4/11 às 15:50
link | responder a comentário

Chico da Tasca
Daniel o FMI e abutre porque ? Que eu saiba, o capital do FMI e proveniente da quotizaçao de todos os paises que dele fazem parte. Portugal contribui para o FMI.

Se o FMI quando e chamado a um pais (nao vai la por sua livre iniciativa), empresta dinheiro a esse pais, mediante um conjunto de compromissos, a juros mais baixos que os do mercado. DEpois, quando reave esse dinheiro mais os juros e natural que ganhe algum, nao lhe parece ?

E com esse dinheiro que acorre a varios paises em dificuldades, e tem sido muitos.

Nao entendo porque lhes esta a chamar abutres. Eles vieram ca porque nos os chamamos.

E vieram ca porque os portugueses andam ha decadas a viver acima das suas possibilidades, e em muitos casos com tiques de novo-riquismo de pes de barro, com dinheiro emprestado e agora concluiram que nao sao capazes de o pagar.

O FMI veio ca porque Portugal e ingovernavel, e e ingovernavel em boa medida pela actuaçao da faixa esquerda do espectro politico, e voce sabe disso !!!

Nao culpe o FMI, os Mercados, os Alemaes, os Finlandeses, a Europa, etc.. porque se a cama em que nos estamos a deitar esta mal feita e porque nos a fizemos assim. 

deixado a 24/4/11 às 17:49
link | responder a comentário

Carlos Marques
O FMI é mau? É. Mas quem são os responsáveis por eles estarem aqui? Não são os portugueses, uns mais do que outros?

Em 2009, estávamos numa encruzilhada e muita gente deu um bom empurrão para o abismo.

Os funcionários públicos que tanto gostaram do aumento de 3% devem ter passado a tolerância de ponto de quinta-feira a pensar nisso mesmo.

O copo está a transbordar.
O copo está quase vazio.
A dura realidade vai voltar a secar a conversa mole.

Daniel, this is the end, my friend, habitue-se.

deixado a 24/4/11 às 17:58
link | responder a comentário | discussão

Anónimo
Sim, sim, a culpa é dos funcionários públicos. Os mesmos que nos 8 anos precedentes tiveram aumento de 0% para fazer face à inflação. Depois são aumentados acima da inflação desse ano mas abaixo do total dos 8 anos anterios (portanto, continuaram na mesma a perder poder de compra). Como os salários no privado têm como referência os do público, todos perdem e a culpa é dessas pessoas que ganham cada vez menos. Sim senhor. E beber água, não?


Carlos Marques
Caro senhor: eu não bebo álcool, mas devia, porque sou contribuinte líquido desde país de funcionários públicos que estão sempre a pedir mais e mais, mesmo que a produtividade seja sempre a mesma.


Anónimo

Vamos supor que a produtividade dos FP é sempre a mesma. Concordará então que o salário deva ser sempre o mesmo? Ok, acho que isso concorda. Acontece que todos os anos os preços mudam por infinitas razões e todos os anos é definido o ajustamento necessário para que os salários sejam corrigidos. Esse ajustamento chamado de inflação (ou deflação que raramente acontece) é um valor em que os salários são ajustados para que permaneçam iguais comparativamente com o custo de vida. Produtividade igual, salário igual mas com ajustes porque os preços das coisas nunca são iguais.
Você iria ter a mesma produtividade se ganhasse cada vez menos? Menos salário deveria reflectir menos trabalho mas no caso dos FP não. Andaram 8 anos a trabalhar o mesmo e a ganhar cada vez menos e você ainda tem a p*ta da lata de dizer que eles exigem cada vez mais? Eles exigem o ajustamento justo para a perda de poder de compra que tiveram.

Além de água, recomendo que vá ler umas coisitas sobre inflações, deflações, custo do dinheiro, salários e outras coisas que tais. Vai verificar que nas últimas décadas, em todo o mundo os aumentos salariais não reflectem a inflação. Estamos aos poucos e poucos a ganhar menos para trabalhar o mesmo ou mais, seja em períodos de crise ou não.
Se você gosta de dar horas ao patrão sem receber NADA por isso hoje ou no futuro isso é consigo mas impôr isso a quem não quer e não pode, a quem ganha cada vez menos é que não.

deixado a 27/4/11 às 00:43
link | responder a comentário | início da discussão

Anónimo
"8 anos precedentes tiveram aumento de 0% para fazer face à inflação"


A sério? 0%? 


Bem, os sindicatos  são mesmo maus se nem uma vez em 8 anos conseguiram sequer um aumento para fazer face à inflação...


Ou então estes "0%" são uma invenção completa... Quiçá... mentira?

deixado a 26/4/11 às 23:40
link | responder a comentário | início da discussão

Jonas
"Estou cheio de sede e preciso de beber agua"
"compra uma garrafa"
"são muito caras! Ai, ajuda-me!"
"Queres ajuda? vendo-te a minha que trouxe de casa por metade do preço que te vendem"
"Abutre! Estás a ajudar-me e fazes dinheiro!"


Espera. não.. enganei-me. Eu a achei que o dinheiro vinha do FMI e não do resto da Europa..


Outra vez: 


"Estou cheio de sede e preciso de beber agua"
"compra uma garrafa"
"são muito caras! Ai, ajuda-me!"
"Queres ajuda? vendo-te a minha que trouxe de casa por metade do preço que te vendem"
"Vendes-me a garrafa quando tens um amigo que é dono de uma garrafeira"
"sim, tu tb és sócio"
"abutre..."

deixado a 24/4/11 às 18:31
link | responder a comentário | discussão

ana cristina
exactissimo. adorei. se a esquerda não cresce agora quando é que vai crescer?

deixado a 26/4/11 às 10:54
link | responder a comentário | início da discussão


Hummm... agora no Arrastão chegam, deixam a palha, apagam a luz, fecham a porta e dizem "adeus até ao meu regresso". Mais coisa menos coisa, é isto.

Como queiram!





deixado a 24/4/11 às 18:46
link | responder a comentário

Então, e haverá momentos em que temos de nos sentar à mesma mesa dos abutres, para lhes falar, ouvi-los, manifestarmo-nos?
Ou esses momentos não existem, e nunca nos sentaremos com eles para nada. Concluindo, seja lá para o que for (e por que for).

deixado a 24/4/11 às 19:35
link | responder a comentário | discussão

Devias falar com sindicalistas. Para te explicarem duas coisas: a quantidade de vezes que se sentaram à mesa com abutres e como fazem questão de lhes dizer que são abutres na cara. Tu, há uns meses, participaste numa "concentração" organizada pela direita - a que festeja a vinda do FMI. Mas só estás disposto a reunir com os aliados.


Chico da Tasca
Daniel Oliveira, vou-lhe dar e exemplo de VERDADEIROS ABUTRES, daqueles que nos conduziram a esta situaçao: os maquinistas da CP, que ganham muito acima da media, tem um conjunto de privilegios que a grande maioria da populaçao nem sonha ter, apesar de trabalharem numa empresa mais do que falida e que, mesmo assim, nao hesitam em fazer dos portugueses, a maioria sem qualquer regaila ou privilegio, carne para canhao para manterem ou aumentarem os seus privilegios.

Mas esses, assim como varios outros que todos conhecemos, sao os ABUTRES DE ESTIMAÇAO da esquerda que o Daniel Oliveira representa, os que mantem os Progressistas Profissionais a mamarem do Orçamento.

PS: ouvi-o dizer na televisao que nao tinha ouvido nenhum sindicato de funcionarios publico a pronunciarem-se favoravelmente a tolerancia de ponto. Esqueceu-se da tal de Avoila, da CGTP, que eu ouvi dizer a proposito de talassunto, que essa tolerancia na pascoa era um Direito Adquirido. NO comments !
 

deixado a 25/4/11 às 11:17
link | responder a comentário | início da discussão


Há uma agrande mistura nesta resposta ao meu comentário. PCP e BE também votaram com a direita contra o PEC IV, sem cederem à chantagem socratista: ou PEC ou FMI (agora, que Sócrates cortou definitivamente com Teixeira dos Santos, hoje no 25A de Cavaco, Teixeira é o membro de governo ausente, agora, percebe-se que o voto contra o PEC era o mínimo que se devia fazer, pois nem Sócrates nem Santos podiam sequer valorizar o seu plano - apesar de eu achar que Sócrates valorizará e descaratará tudo kadhafianamente para se manter no poder). Muitos colegas meus no 5dias estivemos nessa dita "concentração" com a direita (seja, era a direita) porque, separadamente em dois blocos (não houve grandes conversas), havia gente que queria contestar a asfixia socratista na TVI, entre outros orgãos de informação (o que ele veio a conseguir).
Agora, para não me alongar, usas citações de José Mário Branco. Muito bem, se isso não é hipocrisia, estou certo que o José Mário, um grande pensador (!!) do FMI, saberá valorizar o gesto do PCP e BE. Que aprovo, humildemente. O problema, julgo, foi muito bem colocado há pouco por J M Pureza: se todos lá fossem aquilo daria a ideia de que estava havendo uma negociação. E é isso que se tem de impedir. Não houve, não haverá qualquer negociação. Há vampirismo, vampirismos. O caso dos sindicatos não é comparável.


O Vidal Radical é como o Melhoral.

Finje que vais cagar e sai de fininho, pá !

deixado a 25/4/11 às 22:02
link | responder a comentário | início da discussão

DO,

14 anos depois, veja as BARBARAS questões colocadas pelo PC sobre a moeda unica. Se calhar nessa altura ainda estava neste lado...

4 razões contra a moeda única.


http://www.pcp.pt/actpol/temas/moeda/folheto.html (http://www.pcp.pt/actpol/temas/moeda/folheto.html) 


Boa Pascoa.

deixado a 24/4/11 às 20:06
link | responder a comentário

cafc

PARTE I


Não é um Manifesto nem uma Petição.


Diz que é uma espécie de Moção, não de censura nem de rejeição mas, de uma inquietação muito forte, em relação ao Arrastão.


Considerando que os comentários já não são publicados (nem dia sim, nem dia não) e sem qualquer explicação:


1-Decidi a suspensão, por tempo indeterminado, da minha participação neste blogue;


2-Caso a situação se mantenha, passarei a uma “renunciação”, tendo em conta que:


a)Alguns “posts” já “partem do princípio”, segundo o qual, quem não concordar com os seus autores, é “burrão”;


b)Os autores só respondem aos comentadores, quando “dá algum jeitão”, na ocasião;


c)Quando há uma “chamada de atenção” para o facto de terem a pretensão de estarem, agora, a “descobrir” o que já tinha sido escrito há um ano, ou mais, por “comentadeiros não encartados”, “fecham-se em copas”, porque a “descobrição” é deles;


3-Na Parte II, vou enviar uma mensagem sobre o 25 de Abril e se não “chegar” este ano, alterem a data para 38 anos depois mas, com uma “agravação” muito “mais, maior, grande”.


Carlos


deixado a 24/4/11 às 20:07
link | responder a comentário | discussão

João Cerqueira
Carlos,

Não deixe de participar.
A sua presença é muito importante para elevar o nível do debate.
A blogosfera está cheia de insultos, linguagem baixa e trauliteiros - precisa portanto de cavalheiros como o senhor.

Um abraço
João


cafc

Meu caro João Cerqueira


As suas palavras sensibilizaram-me mas, penso que o meu amigo (permita-me que o trate assim) é mais digno delas.


Já não “falamos” desde que, pela força das circunstâncias, passei à condição de “precário” no Arrastão. Na vida real, torna-se mais fácil verificar as modificações ocorridas após ausências, mais ou menos, prolongadas (“meu filho, como tu cresceste”, como naquela “estória” do Raul Solnado). Nesta vida virtual, fui constatando aquilo que “disse” e como não hesito em transmitir o que penso…


Meu caro, como afirmei, é apenas uma “suspensão por tempo indeterminado”. Vou continuar a “perguntar ao vento que passa, notícias deste blogue”. Se “o vento contar” que se mantém a “desgraça” de supostas “superioridades morais” (ou coisas parecidas), será chegado o momento de eu dizer não (a “tal renunciação” que mencionei).


Obrigado e um grande abraço.


Carlos


deixado a 26/4/11 às 22:00
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro João Cerqueira


Tenho a quase certeza que tem acompanhado os diálogos deste “post”. Volto ao contacto consigo para lhe pedir que “não leve a mal” só, agora, corresponder à sua mensagem inicial.


O amigo A.R.A “arrasou-me” com a argumentação política. Espero que, futuramente, possamos (todos nós) participar em debates, com a civilidade que o caracteriza, independentemente, das divergências de opiniões.


Aquele grande abraço.


Carlos


NOTA: É conhecida a minha preferência pelo “tratamento por tu”. Se quiser aceitá-lo, utilize-o já, se quiser dar-me uma resposta.



João Cerqueira
Caro Carlos

As divergências políticas, entre pessoas civilizadas, nunca foram motivo de desavença.
Tenho amigos comunistas e tenho amigos (pessoas mais velhas) que  admiram Salazar.
Uns e outros têm elevados princípios morais, são de uma honestidade a toda a prova - e é apenas isso o que realmente conta nesta vida.
Quanto ao tratamento, se fossemos da mesma idade tratá-lo-ia por tu; mas como o Carlos é mais velho não levará a mal que o continue a tratar por Senhor.

Um abraço
João

deixado a 29/4/11 às 00:02
link | responder a comentário | início da discussão


Subscrevo o não-manifesto/não-petição/moção-de-inquietação. De nada servirá mas poderá dar azo a que também eu não coma mais palha.

abraço

deixado a 25/4/11 às 18:42
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

PARTE II (com abraços do Carlos)


 


E 37 anos depois, poderíamos fazer uma tentativa de reflexão séria sobre o percurso deste nosso Portugal, com a assumpção das culpas existentes nos respectivos “cartórios”?


No princípio, eram os cravos vermelhos e a Grândola, Vila Morena, como símbolos da Liberdade e da Esperança de um Povo que, na maioria, nem sabia se era de Esquerda ou de Direita, fruto de todos os obscurantismos que lhe tinham sido impostos. Era o Povo Unido, ingénuo e generoso, até, pouco tempo decorrido, começar a ser manipulado para seguir, “caninamente”, os dirigentes partidários. Enquanto uns se auto-excluíam daqueles Símbolos, outros apoderavam-se deles. O sectarismo passou a ser a “ideologia” predominante, apesar da “Via original para o Socialismo” ter aparecido como disfarce.


Então, havia “socialismos” para todos os “gostos”. O “científico” (de Álvaro Cunhal), o “em liberdade” (de Mário Soares), o “democrático” (de Sá Carneiro) e até o “cristão” (de Freitas do Amaral) …


… Faço um “salto” no tempo, em “homenagem” a todos os obscurantismos, incluindo os “democraticamente fornecidos e adquiridos”…


…Eis senão quando, surgiu o “europeísmo”, à imagem e semelhança dos dirigistas dos Países que se inscreviam, sucessivamente, no “clube”. E os Povos? Pois, sabemos como foram “ouvidos” em todos esses processos…


Neste nosso “Poortugal”, até a promessa de referendo ao “tratado porreiro, pá!” foi mandada às “urtigas” pelo “centrão”, sob a égide do “senhor de Belém”. E submissos ao “sacrossanto financeirismo”, vamos caminhando para o abismo, mantendo o sectarismo original.


Podíamos aprender alguma coisa com o passado, para perspectivarmos o Futuro? Poder, podíamos mas, não era a mesma coisa para quem só pensa no presente. Por isso, temos estes “presentes” dos PEC’s, FEEF, FMI, em suma, um País que perdeu a Soberania e parece estar resignado à sua “austera, apagada e vil tristeza”.


Com mais sabedoria, de experiência feita, retomemos a “ingenuidade de Abril” e que os Patriotas e Democratas de todos os quadrantes gritem, em uníssono, BASTA! Por mim, recuso-me a morrer enquanto Portugal não “ressuscitar”. “Bora” lá pr’ó Futuro, pá! Tenho muitas saudades dele… com o Povo a “mais ordenar” dentro dos Partidos e no País e não à espera das “ordens dos iluminados”, ou a abster-se. Nesta perspectiva, 25 DE ABRIL SEMPRE!


deixado a 24/4/11 às 20:19
link | responder a comentário | discussão


Caro amigo, a grande Ivone dizia que isto não ia lá com sermões e com espístolas, mas com canhões e pistolas. Como não sou apologista da violência - sempre que possa ser evitada - estou em crer que devemos voltar à velha fórmula das reuniões de moradores, para começar, e seguir com concelhias, regionais e o que mais der.

Manifestações com data e hora marcada, petições e manifestos são como as boas intenções, o inferno está cheio delas, isto quer é outro tipo de acção ou estamos perdidos e mal pagos por outros 50 anos.

A masturbação da esquerda e a epifania da direita trouxeram-nos ao descalabro, é tempo de dizer BASTA!

Abraços e beijocas atemporais porque não sei quando é que isto é aprovado. Para os efeitos tido por convenientes, adianto já o desejo de  umas boas férias, na praia ou no campo.



cafc

Cara amiga Graça


Sei que vais ler as respostas que enviei aos outros dois amigos e por isso, esta vai ser mais curta. A minha intenção inicial foi alterada, devido à amabilidade dos vossos comentários e a “educação conservadora” que recebi, não me permite “virar as costas” aos amigos, ou deixá-los a “falar sozinhos”. Assim, só quando este “post se finar” é que vou “eremitar”, atento às “notícias do vento”… e nas férias, estarei numa localidade propícia:


http://www.portugal-linha.pt/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=787 (http://www.portugal-linha.pt/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=787)


(há mais “links” disponíveis mas, como de costume, optei por um crítico)


Amiga, a propósito de crítico, vou “inventar” mais uma designação, qual seja a de uma tendência de “esquerda-neo-clássica”.


E deixo-vos uma espécie de adivinha: “Vocês sabem do que estou a falar”?


 


Aquele grande abraço surrealista.


 


Carlos



Caríssimo amigo cota, o povo na sua perene sabedoria afirma que até ao lavar dos cestos é vindima, até lá, vindimemos pois.

E entre o corte das bagas e o descarregar dos cestos, deixaste-me a cogitar - e se cogito logo existo - sobre a adivinha.  Pesquisei, meu amigo, e acho que dei pela coisa.

Assim, temos que alguma esquerda se rendeu ao último reduto do capitalismo selvagem no qual não é mais possível a chamada "democracia participativa". Temos pena mas é assim.

A nova "lei" dita que não há crescimento económico sem capitalismo, ou seja o dinheiro, pilim, carcanhol de quem o tem à conta do trabalho dos outros. A contrapartida, como não podia deixar de ser, é a não distribuição de riqueza, com a "miserabilização" dos ganhos laborais, e muito menos a democratização do estado - que deverá estar sob os auspícios dos desmandos de quem "entra com dinheiro" e olha gulosamente para os resquícios do "social".

É a barbárie da nova ordem global, descoberta recente de alguns anestesiados cheios de si mesmos.

Se sei de quem falas? Deixa-me ver... humm... daqueles que parecendo não querer "pertencer" ao grupo de elite se subjugaram  - não há muito tempo -  ao mesmo através da defesa intransigente de tudo o que os deixará nas mãos de quem dizem evitar?

Contraria-me se estiver errada, meu amigo, contraria-me enquanto consolidamos Maio.  :)

aquele abraço intransigente e beijocas às gaulesas do norte


cafc

Cara amiga Graça


Acertaste em cheio e penso que não há “danos colaterais”, a menos que haja quem se “queixe” de algum “estilhaço”. Se for esse o caso, que recorra a este “hospital público”, em vez de se “tratar” no silêncio de uma “clínica-peudo-ideológico-não-sei-quê”.


E o que tenho lido por aqui, mostra uma indisponibilidade de autores do Arrastão para um debate, mesmo quando para ele são solicitados, directamente. Isto revela o “espírito clássico” de um “estalinismo interiorizado” mas, “neo-convertido”, para o exterior, a um “capitalismo de rosto humano”, numa espécie de novos “amanhãs que cantam” reciclados.


“Fora o FMI”! “Vamos dialogar com o FMI”!”A União Europeia está a tramar-nos”!”O nosso futuro está na União Europeia”!”O grande capital financeiro é quem mais ordena”! “Vamos acreditar na regulação dos mercados”! “A nossa Soberania foi-se”! “Demos-lhe com o martelo (retirado do baú) para a endireitar”! Etc…


Minha amiga, os “armários vieram para ficarem”? Uns, servem de esconderijo aos “Miguéis”, enquanto outros, têm uma grande colecção de “esqueletos”. Deixa-me “sonhar” que este Povo vai “dar a volta a isto” e deixará de acreditar nos “falsos profetas”. Agora, por sonhar, reparei que já devia ter ido para a caminha…


Boa noite e durmam bem, aí na Gália do Sul.


Abraços e beijocas anti-pesadelos desta aldeia do Norte.


Carlos




Amigo Cafc, há silêncios que dizem mais do que meras palavras. Eu até gosto de os "ler", diverte-me o que descubro neles, o que não gosto é que sirvam a palha em fardos minados de agulhas.

Vamos comendo? Ou vamos deixando pensarem que a comemos? Sei que sabes a resposta.  :)

Como diz a minha mana, pirralha tua, estamos na aurora da convergência entre um blogue e um jornal online. As postas vão saindo à laia de "notícia de última hora", ficando em cacha a nova regra: quando puder ou me der na bolha passo por cá, entretanto pastai.

Sou, por natureza e gosto, uma observadora da alma humana, e aprendi há muito que a mairoria das pessoas não tem formação para se ver alçada a certas posições. Tornam-se, regra geral, arrogantes e/ou autoritárias. Contudo, esta minha afirmação é conotada com a velhinha e prosaica "dor de cotovelo".

Adivinha para ti: afinal, quem é que, na verdade, come a palha?

Aquele abraço e até à vista, que não sabemos exactamente quando será.




cafc

Cara amiga Graça


Como podes verificar, o amigo A.R.A chamou-me a atenção para uma incoerência política que eu estava a cometer. Acertou-me em cheio, “fui ao tapete” mas, já estou “levantado do chão”.


Sendo assim e assim sendo, “vamo-nos a eles que nem uns tarzões”, como dizia um antigo seleccionador nacional.


Em 1978, Carlos Mendes gravou um LP infantil, com o título “Jardim Jaleco”. Conservo-o, “religiosamente”, como tantos outros dos tempos do vinil e que fazem as “delícias” das minhas netas.


http://www.rtp.pt/rtpmemoria/?t=SO-NOS-TRES---1989.rtp&article=913&visual=2&layout=5&tm=8 (http://www.rtp.pt/rtpmemoria/?t=SO-NOS-TRES---1989.rtp&article=913&visual=2&layout=5&tm=8)


Fazes o “scroll” até “SÓ NÓS TRÊS – 1989: 2.ª PARTE” e já sabes o que deves fazer para ver e ouvir.


Penso que está aqui tudo muito bem explicado e fundamentalmente, a resposta à tua adivinha. “Raios partam” as “coincidências”…


 


Aquele grande abraço e até já (não é uma mensagem da TMN). Posso “passar-me” mas, Tão Maluco Não.


Carlos


deixado a 28/4/11 às 15:27
link | responder a comentário | início da discussão

A.R.A
CAFC

Amigo e camarada, 25 de Abril SEMPRE e em qualquer que seja a "perspectiva" pois a memoria é algo que escasseia neste nosso país quase milenar. Não sei se por culpa "daquele Sr. alemão que já não me lembra o nome" ou se apenas porque as expectativas de um futuro "saudosista" sejam tão niveladas por baixo que o povo já se contenta "eleitoralmente" com candidatos julgados e condenados pela justiça pois apresentam obra "estetica" para gaudio da populaça.

Portanto não culpemos "sistematicamente" e de modo "sistemico" a maior demonstração de rara união que este nosso povo tão desunido alguma vez alcançou como "Povo Unido" e que nesta data se comemora, e, se culpas hajam, que não nos esqueçamos que a posteriori houve um outro 25 de outro mês, de outro ano, que do passado ainda se mantem bem (no) presente a hipotecar o nosso futuro.
Pois que continuemos "ingenuos" e "generosos" e que nunca percamos essas 2 caracteristicas tão importantes para o processo de "sonhar".

Assim, mais uma vez, aqui venho constatar a minha "enfadonha" concordancia com os teus escritos visto que com tanta "concordia" ( bem sabes como gosto da celeuma e do confronto) já faço lembrar aqueles deputados da 56ª fila que vão para o parlamento com a exclusiva função de "cheerleader" com os costumeiros - Muito bem! Muito Bem! Apoiado!!!!!

Por fim, em jeito de conclusão, acredito piamente que seremos "imortais" pela recusa em perecer enquanto não vislumbrar-mos melhorias num coma "induzido" a Portugal que vai para mais de um seculo.

- Desfribilhadores, precisam-se!
Ou,
então, há boa maneira "tuga", - chapadas até ACORDAREM!!!!

25 de Abril SEMPRE
Fascismo NUNCA MAIS

Aquele Grande Abraço Camarada
A.R.A



cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Como “disse lá em cima” vou suspender a minha participação, por tempo indeterminado. Aos motivos que indiquei, acrescento o que se passou neste blogue, no dia 25 de Abril. Chegámos ao ponto em que os autores não conseguiram (ou não quiseram) “alinhavar qualquer coisinha”, da sua autoria. Parece que o amigo da Maia tinha razão, quando, há pouco tempo, escreveu que, do 25 de Abril, restaria, brevemente, o nome em algumas praças do nosso País…


Meu caro, se chegar ao ponto da “renunciação”, fá-lo-ei com todas as letras. Não desisto mas, resisto e uma forma de o fazer é não pactuar com os “desistentes precoces”. Tal como respondi, ontem, ao amigo João Cerqueira, vou perguntando “ao vento que passa, notícias do Arrastão” e depois, logo “verei” o que fazer.


Entretanto, “informo” os mais “distraídos” que o 1.º de Maio está próximo. Como já não “estarei cá”, para “escrelinhavar” um texto, deixo uma quadra de Daniel de Sá:


 


«No tempo da vergonha, ele era a paz,
E tinha a cor dos cravos já na voz.
Ninguém como ele foi então capaz
De ser tão puramente todos nós.»


 


“Ele”, foi o autor e a voz da “Grândola, Vila Morena” ouvida na Madrugada de Abril, o mês de O MAIA. E “disto”, também:


http://www.youtube.com/watch?v=gbcQt_f1DK0 (http://www.youtube.com/watch?v=gbcQt_f1DK0)


Aquele grande abraço camarada.


Carlos



A.R.A
CAFC

Meu bom amigo, que importa a nós que o Arrastão se tenha deixado "arrastar" para lugares demasiado recônditos para a simples compreensão de quem aqui escreve?

De certeza que o DO e afins chegaram ao ponto de um ócio tal que os seus afazeres de supostos "opinion makers" na net já não se compactuam com o atribulado "aburguesamento" das suas posturas.

No caso, o Daniel Oliveira, creio que criou um monstro que já ultrapassou o seu criador, pelo que, assim sendo, não acho nada inteligente da parte do "criador" os recentes updates ao blog se a disponibilidade do mesmo escasseia  para moderar intervenções, quebrando a espontaneadade com celeres conversações entre aqueles que aqui escrevem!

Enfim, meu grande amigo e camarada Carlos, deixa-te de "tretas" e de "sensibilidades" afins pois sem as tuas intervenções, não acho muito nexo aqui vir e se te votas ao silencio acredido que tal não é coisa propria de quem luta pelo que pensa, portanto, arregaça as mangas, cerra os dentes e insiste ... insiste ... insiste ...

E já que estamos numa de revisitar o passado, escuta o que realmente importa e que eu aqui fui encontrar (te)

http://www.youtube.com/watch?v=EqAZ_1JhUOw (http://www.youtube.com/watch?v=EqAZ_1JhUOw)

Aquele Grande Abraço Camarada
A.R.A


Grande A.R.A., disse tudo!  :)

Abraço

deixado a 28/4/11 às 10:54
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


“Amor com amor se paga”. E tu, meu “bom malandro”, devolveste-me, diplomaticamente, algo que eu tinha deixado por aqui, há uns tempos atrás. “Toma lá, Carlitos”, que é para aprenderes a não te “armares em campeão das lutas”!


Meu amigo (maior que o pensamento), se eu fosse um “marreta” teimoso, responder-te-ia com esta:


http://www.youtube.com/watch?v=E47asLfITQA&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=E47asLfITQA&feature=related)


Como sabes, sou um adepto da auto-crítica e quando me demonstram (como tu fizeste) que estou a ser incoerente com posições, anteriormente, assumidas, não tenho qualquer dúvida em “dar o braço a torcer”. Portanto, vou “tirar a trouxa da mala”… mas, como é do teu conhecimento, ela (a trouxa) é reduzida e não me permite vir à “rua do Arrastão” com a frequência de outrora.


Amigão, de cada um segundo as suas possibilidades e/ou capacidades, vamos tentar percorrer o caminho:


http://www.youtube.com/watch?v=geDaFXD0SC8 (http://www.youtube.com/watch?v=geDaFXD0SC8)


Que permita concretizar o Sonho:


http://www.youtube.com/watch?v=RGj75QdsROk (http://www.youtube.com/watch?v=RGj75QdsROk)


Aquele grande abraço camarada.


Carlos


NOTA: Estes vídeos já foram colocados algumas vezes mas, também, “faz falta recordar a malta”.



A.R.A
CAFC

Á lá ver!!!!!!

Sabia que com a tua memoria de elefante, te iria apanhar na "curva" ... e que raio de amigo seria eu ao não te espicaçar para a "luta" pois, amizades aparte, a tua "munição" é de vital necessidade para o(s) combate(s) que se adivinham.

Assim como a mim fizeste no passado, toca-me agora a vez de "invovocar" o Maquiavel que há em ti, visto que a liça não é o mesmo sem ti.

Avante Camarada
Junta a tua a nossa voz ...

Aquele Grande Abraço Camarada e ... até já!!!
A.R.A




cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Para começar, a minha memória é de paquiderme (expressão muito mais “elitista”), em oposição à de quem “páquidorme”.


Para mear (não confundir com miar…), o Maquiavel que “há em mim” é diferente do que “há em ti”? E as “munições dos marretas da Porcalhota”, não são muito parecidas?


Para findar (salvo seja), passemos à parte (um pouco mais) séria:


1-Quem teve a paciência de acompanhar os nossos “brainstorm’s”, sabe o que pensamos sobre as Esquerdas;


2-O Bloco de Esquerda não soube “herdar” ou “gerir” os votos de descontentamento recebidos do PS e com as trapalhadas em que se meteu, merece ser penalizado;


3-Muitos “filhos pródigos do PS” vão “regressar à casa do pai”, sob o pretexto do “voto útil” para evitar a vitória da direita… mais à direita do Sócrates;


4-Seguindo o “aborto ortográfico”, afirmo que esse é um “fato” que, de fato, não me “serve” nas Legislativas… bastaram os que “usei” em Presidenciais e que ficaram conhecidos por “sapos”.


Meu amigo, como não tenho a esperança mínima que a Convenção do Bloco de Esquerda resulte numa auto-crítica (penso que será um “ajuste de contas” interno), só tenho uma alternativa, em consequência do que deixei “dito”:


No dia 5 de Junho, vou juntar a minha “cruz” à tua e votarei no Partido Comunista Português...


Aquele grande abraço camarada.

Carlos

deixado a 30/4/11 às 14:33
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


É mesmo muito triste e revoltante verificar que a “caravana do Arrastão continua a passar”, indiferente ao que ela pensa ser “o ladrar dos cães”. Nem uma explicação, quanto aos atrasos sistemáticos da publicação dos comentários.


Eu sei que “a casa” é deles mas, isto não é forma de tratarem os “convidados”. E se este é o comportamento de uma (in)certa Esquerda, que se reivindica portadora de valores éticos e morais (ler em separado e com uma pausa prolongada, ou seja e…………..morais), só me apetece responder como o Almada Negreiros, em relação ao Dantas.


Meu amigo, perante o silêncio que nos silencia, temporariamente:


http://www.youtube.com/watch?v=BQPKYPBnrBE (http://www.youtube.com/watch?v=BQPKYPBnrBE)


O “oráculo da Falagueira/premonitório de Sagres”, verificou uma “terrível coincidência”. O “link” termina com as letras BE…


Aquele grande abraço camarada.


Carlos

NOTA: Escapaste ao “bombardeamento” do S. Pedro sobre a “Porcalhota”?


A.R.A
CAFC

Como nunca abdicarei de uma luta estridente, fiz esta "parodia musical" para que não te deixes invadir pelo "silencio" que te (nos) querem impor, portanto, cá vai um pseudo-manual de luta:

1 Passo) Para aqueles que a viva força nos ignoram para nos calar, quando menos esperam, apareceremos do nada com um - Olá como vai!!
http://www.youtube.com/watch?v=v13JAf6Oohc (http://www.youtube.com/watch?v=v13JAf6Oohc)

2 Passo) Depois lembramos ao que vimos e porque insistimos em continuar insatisfeitos contra aqueles que se auto-intitulam arautos da Esquerda
http://www.youtube.com/watch?v=UbVHXlwo7lc&playnext=1&list=PL84F7EF22C069735F (http://www.youtube.com/watch?v=UbVHXlwo7lc&playnext=1&list=PL84F7EF22C069735F)

3 Passo) E quais vozes "malditas", teima-mos em ecoar na restia de "moral pura" da pré-politização e de "abusergamentos" adjacentes dos que tais
http://www.youtube.com/watch?v=yVP36azWYlY&feature=mr_meh&list=PLCF24DFAB49619642&index=1&playnext=0 (http://www.youtube.com/watch?v=yVP36azWYlY&feature=mr_meh&list=PLCF24DFAB49619642&index=1&playnext=0)

4 Passo) Assim que finalmente conseguirmos que nos seja dada a palavra, aí logo diremos ao que vimos
http://www.youtube.com/watch?v=olkkC2kcCyY (http://www.youtube.com/watch?v=olkkC2kcCyY)

Se continuarem "insuspeitamente" incolumes a tanto "assedio" revolucionario "gasto" e "demagogo", faremos juz a nossa estridente e insistente voz que nem ao xuto e ou pontapé nos faram calar
http://www.youtube.com/watch?v=dWQw6VA0rZA&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=dWQw6VA0rZA&feature=related)

Até que um dia ... talvez um dia ... quiçá ... possam relembrar o que verdadeiramente os move e aí afirmarem que - Este é o 1º dia do (que resta) das nossas vidas

http://www.youtube.com/watch?v=OWDvXVPdeHI (http://www.youtube.com/watch?v=OWDvXVPdeHI)

(esta musica cantei-a ao meu filho aquando o seu nascimento)

Aquele Grande Abraço Camarada
A.R.A


cafc
Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)

1, 2, 3, experiência...
Estou a verificar se este comentário, sem conteúdo, pode, pelo menos, ser submetido com sucesso.

Amanhã, vou tentar o que era pars ser enviado hoje.

Aquele grande abraço camarada.

Carlos

deixado a 1/5/11 às 20:44
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


O teu “pseudo-manual de luta” pode ser o ponto de partida para um espectáculo musical a levar à cena no Recreios da Amadora. É só pegar na ideia, juntarem-se uns (e umas) “marretas” e fazermos uma proposta à Câmara Municipal.


Para o guião definitivo (e tendo em conta que ONTEM, também, foi o Dia da Mãe) proponho, para já, a introdução de:


1-http://www.youtube.com/watch?v=QiHf-4fodos


(em homenagem a uma Mãe silenciada da forma mais brutal);


2- http://www.youtube.com/watch?v=DrU-3FCB5Sk


(em homenagem, simultânea, ao “Cantor maldito”).


Penso que há uma canção “esquecida” que tem lugar de destaque neste “ante-projecto”:


http://cotonete.clix.pt/artistas/song_home.aspx?id=22655 (http://cotonete.clix.pt/artistas/song_home.aspx?id=22655)


(“Clica” na seta Nacional).


Referiste-te ao teu filho e eu, como “oportunista inveterado” (em oposição a invertebrado), conto “mais um pedaço da minha vida”. A minha neta mais “velha” não conseguia adormecer, normalmente, durante os primeiros meses de vida. Pois bem, contra todas as indicações científicas, o Carlitos, após várias tentativas, “descobriu” uma canção”agitada”, com a qual ela adormecia ao colo dele:


http://www.youtube.com/watch?v=qL1jNcRH29o (http://www.youtube.com/watch?v=qL1jNcRH29o)


E a “miúda” (já com nove anos e “picos”), continua a recordá-la…


Aquele Grande Abraço Camarada.


Carlos



A.R.A
CAFC

Amigo, embora a tua ideia até nem seja de se deitar fora, apraz-me partilhar contigo "outro tipo de musica" que há muito nós temos vindo a ouvir sem dar conta do verdadeiro nome da "banda".

Há uns tempos atrás falei-te da minha aversão a maçonarias e "afins". Pois é exactamente nos "afins" que finda a minha revolta, visto que o buraco, afinal, é mesmo mais "abaixo".

Vou só dar-te alguns topicos, que de certeza saberás dar sequencia:
- Clube Bilderberg
- Bilderberg: Teixeira dos Santos e Paulo Rangel convidados para clube secreto (http://www.ionline.pt/conteudo/62838-bilderberg-teixeira-dos-santos-e-paulo-rangel-convidados-clube-secreto (http://www.ionline.pt/conteudo/62838-bilderberg-teixeira-dos-santos-e-paulo-rangel-convidados-clube-secreto))
 
Informa-te convenientemente e diz-me se gostas do "som"!!!!!!!!!!!!!!
 
Aquele Grande Abraço Camarada
A.R.A


cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Quando uma organização “secreta” deste calibre


http://www.youtube.com/watch?v=EzcRoh2-DLo&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=EzcRoh2-DLo&feature=related)


“autoriza” a revelação dos seus segredos, só me ocorre que pode haver uma manobra de diversão, com o objectivo de manter oculta a “mãe” dessas grandes filhas de uma …“secreta”.


De qualquer forma, o que se vai sabendo é mais do que motivo para alarme global. Se continuarem a “sonhar” que a solução está na “regulação” deste tipo de “gente”, a música poderá ser esta:


http://www.youtube.com/watch?v=xkNZUsqU71s&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=xkNZUsqU71s&feature=related)


Aquele Grande Abraço Camarada.


Carlos


deixado a 3/5/11 às 18:27
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Digamos que é uma “parte II” da minha resposta anterior. “Desafiaste-me” e se há algo a que não resisto, é a um “desafio” feito por um amigo. Essa “sacrossanta, benemérita e iluminada” instituição que dá pelo nome de “Clube de Bilderberg”, também, pode ser vista aqui:


http://www.youtube.com/watch?v=9q45El3vwW4 (http://www.youtube.com/watch?v=9q45El3vwW4)


(A continuação está na parte “22 vídeos”)


Meu amigo, não tenho dúvidas que, em desespero de causa, este tipo de gente não hesitará em adoptar esta música:


 http://www.youtube.com/watch?v=sx7XNb3Q9Ek&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=sx7XNb3Q9Ek&feature=related)


Fico à espera que não dês a conversa por “finda”, porque, como vês, o “buraco” continua a ser “escavado” e não sei se ele terminará numa “Viagem ao Centro da Terra”…


Aquele Grande Abraço Camarada.


Carlos



A.R.A
[Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=incorrect name="incorrect" <a>CAFC</A> </P>

Camarada e amigo, o Clube Bilderberg é bem mais concreto do que qualquer ideia teorizada por supostas "conspirações". O proposito deste clube de elites é e sempre foi o de neo-liberalizar a economia mundial ao ponto de nestas mesmas reuiniões o tráfico de influências políticas a coberto do poder financeiro que os membros do clube detêm sejam na verdade uma directiva para o desenrolar governativo dos paises que, pensam os seus eleitores, é eleito "democraticamente".

Portugal é um exemplo crasso desse "serventilismo" mafioso e, só a titulo de exemplo são nomes como Santana Lopes, Durão Barroso, António Guterres e José Sócrates que são a ponta do iceberg, visto que todos estes estiveram em reuniões do clube Bilderberg para de seguida serem eleitos nos respectivos partidos políticos e mais tarde passarem a ocupar o cargo de primeiro-ministro em Portugal.

Coincidencias? Tambem não creio.

Os braços do "polvo" são longos e, embora tenha utilizado exemplos aos quais estamos mais "afectos", estes estendem-se por esse "brave world" afora criando as necessarias condições para que obejctivo final seja uma "Internacional neo-liberal".

Mas como?

A criação da UE é disso prova, onde a moeda unica passou a ter um papel preponderante. Imagina que a Asia, Africa e Americas faziam o mesmo que a UE e criavam uma moeda "continental" num modelo neo-liberal onde a banca e o mercado especulativo ditavam as ordens? Era deveras bem mais facil controlar governos e, por conseguinte, os destinos dos respectivos paises, não achas?

Imagina então, que de moeda "continental" passaria-mo-nos a reger por uma moeda "mundial"?

Pois é camarada, esse é o verdadeiro e ultimo proposito deste clube e o secretismo do qual gozavam e faziam menção de manter desde 1957 é cada vez menos preponderante pois o plano já está em marcha desde a recessão economica dos EUA, passando pela venda em hasta publica da Islandia, á "tragedia grega" e ao "trevo enfesado" dos nossos antecessores "pedintes" do FMI que cairam (ou deixaram-nos cair) nas mãos dos especuladores das agencias de rating que, há uns anos, eram figuras abstractas para o conhecimento publico e hoje são quem "puxa" os cordelinhos de forma impune, que o diga o Pureza!

Esta conversa ainda agora começou, portanto, findar algo que ainda esta no começo é como virar a cara a luta e isso é algo que jamais farei pois se me (nos) quiserem comer, terão que me (nos) cagar os ossos!

Senão cheguei a tempo, fica certo que voltarei ao tema num qualquer outro "post" em que te encontre pois vou "alentejar" este fim-de-semana onde o ar da costa vicentina me fará esquecer do "buraco" m que nos querem meter.

Aquele Grande Abraço Camarada
A.R.A










cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Quando enviei o comentário que inclui o vídeo sobre o “11 de Setembro”, ainda não tinha surgido o teu, onde me fazes uma “inveja danada”, com esse fim-de-semana alentejano. Goza-o bem…


Entretanto, vou dar uma novidade extraordinária “urbi et orbi”, que é… pela enésima vez, concordo contigo!


Mais uma “coincidência”, tal como a de, há pouco mais de um mês, o amigo da Maia (se estás a “ouvir-nos”, aquele grande abraço e aparece) ter colocado este “link”:


http://www.youtube.com/watch?v=cW49x3lJgGY (http://www.youtube.com/watch?v=cW49x3lJgGY)


Meu amigo, “desafiaste-me” com o “Clube de Bilderberg” (prefiro a designação mais “abrangente” de Illuminati”) e fica mais uma “coisinha”:


http://www.youtube.com/watch?v=qC5My-bz7V8&feature=related (http://www.youtube.com/watch?v=qC5My-bz7V8&feature=related)


Mais umas “achas” para a “fogueira da teoria da conspiração”? Talvez mas, quando regressares, vamos saber o que achas. Afinal, parece que, “quando os iluminados espirram, o Mundo engripa-se”, devido à “influenza” transmitida pelos governos submissos. Para agravar a “doença”, os “motores” da resistência aos “vírus”, dão a sensação de estarem “gripados”.


Aquele Grande Abraço Camarada.


Carlos


deixado a 6/5/11 às 14:43
link | responder a comentário | início da discussão

cafc

Meu caro amigo Pereirinha (A.R.A)


Penso que ainda não tiveste tempo para “digerires” esses vídeos sobre os “iluminados queridos”. Há muitos mais (que até os ligam aos atentados de 11 de Setembro):


 http://www.youtube.com/watch?v=a7rh6Aj-0m4 (http://www.youtube.com/watch?v=a7rh6Aj-0m4)


Sabes (tão bem ou melhor do que eu) que tudo deve ser analisado com espírito crítico, tentando separar o “trigo do joio”. Todavia, não podemos ignorar que esta espécie de “gente criou e alimentou” essa “coisa” monstruosa que, agora, afirmam ter liquidado. Pois, vou “acreditar” que a “coisa” foi lançada ao mar e que não aparecerá viva, qual “neo-Jonas”, na “barriguinha” de uma baleia…


Aquele Grande Abraço Camarada.


Carlos


NOTA: Tenho “autorização” para não “fazer férias” do Arrastão até 5 de Junho. Por isso, “vamos lá a isto”.


 


deixado a 5/5/11 às 21:02
link | responder a comentário | início da discussão

joaquim azevedo
E é com esta gente que a malta deve reunir e encontrar soluções "construtivas"?

deixado a 24/4/11 às 21:34
link | responder a comentário | discussão

Quem defendeu isso? Eu, pelo menos, defendi que devíamos ter ido lá e apresentado as nossas (repito: as nossas) soluções. Ainda assim, conhecendo sindicalistas, vi-os muitas vezes reunirem com abutres. Deve ser gente mais vendida quando comparado com gente mais selecta.


Chico da Tasca
Eu vejo muitas vezes sindicalistas, muitos deles ABUTRES alias, nao a reunirem com ABUTRES, mas a representarem ABUTRES, os tais dos Direitos Adquiridos, pagos invariavelmente pelos que nao os tem. Ja nao me espanto...

deixado a 25/4/11 às 11:20
link | responder a comentário | início da discussão

joaquim azevedo
Respeito, como é óbvio, a tua posição, Daniel. E mais, acho bem que a tenhas tornado pública e notória. O Bloco é feito de gente que pensa pela sua própria cabeça e isso, que parece tão pouco para muitos, é, na realidade, muito...
No entanto, eu não partilho a tua opinião em relação à discussão em apreço. De facto, por muito que me esforce, não consigo vislumbrar que tipo de discussão seria possível entabular com aqueles senhores da Troika. Se é apenas para lhes dizer o que pensamos, estou convicto que seguramente eles já estão devidamente informados, logo seria um encontro de mera formalidade. Como disse, e bem, o Louçã, não temos que estar disponíveis para fotografias que nos comprometam com essa gente.
Quanto ao movimento sindical, é verdade o que afirmas, mas também não deixa de ser facto que já vi muitos deixarem-se inebriar pelos odores errados e acabarem a trair lutas justas dos trabalhadores.

deixado a 25/4/11 às 22:25
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador