Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

20 minutos

João Rodrigues, 29.05.11

A ATTAC-Portugal (Associação para a Taxação das Transacções Financeiras para a Ajuda aos Cidadãos), fazendo justiça ao objectivo de popularização do conhecimento económico crítico, que foi uma das justificações para a criação desta associação de âmbito internacional, teve a ideia de elaborar um documento intitulado a “crise portuguesa em dez minutos”: “a crise económica portuguesa não tem origem num «Estado gastador», não é só da «responsabilidade deste Governo» nem dos cidadãos «que vivem acima das suas possibilidades»” Dez minutos talvez seja o tempo que também demora a ler, no Portugal Uncut, a excelente resposta de Luís Bernardo, Mariana Avelãs e Nuno Teles à pergunta: Auditoria Cidadã à Dívida Pública - O que é? Trata-se de uma das propostas políticas que pode ajudar a superar o Estado predador, derrotando a aliança interna e externa que o suporta. Diagnóstico e alternativas porque “o inevitável é inviável”.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    GMaciel 29.05.2011


    Caro Francisco, já nem os revisores sabem português por isso... (acrescente o que lhe soar melhor porque o que me passa pela cabeça não é passível de transcrição sem censura).
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.