Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Entrar mais cedo na reflexão

Miguel Cardina, 03.06.11
A grande questão que atravessará o PS pós-Sócrates será a de saber se permanecerá amarrado à troika, ao PSD e ao CDS, se tentará arrepiar caminho e encontrar pontes com a esquerda na oposição ou se toda essa tensão interna provocará (ou não) um realinhamento de alguns sectores na sua orla. À direita e à esquerda. Aceitam-se apostas.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Rui F 04.06.2011

    O Estado Social não faliu.

    Faliu um sistema de regafobe inaugurado pela Direita de Cavaco Silva, que nunca mais terá oportunidade de gastar a seu bel prazer, aquilo que os outros nos disponibilizazam para investir: FUNDOS.
    Agora é de "aproveitar" apenas os fundos para a banca.


    Podes crer duma coisa: O Estado Social jogado borda fora pela troika, para justificar o Estado caridoso e privado da Direita, não vai arrancar lineramente como vocês julgam.
    "troikas" o TSU pelo IVA?
    Palhaçada que não resulta por muito tempo.

    Queres apostar comigo, Fado?
  • Sem imagem de perfil

    fado alexandrino 04.06.2011

    Com prazer lhe respondo (atenção ao "tu" que não me é simpático).

    O Estado Social baseia-se muito claramente numa premissa, desconta hoje para amanhã teres segurança e noutra falácia "o social é gratuito", exemplo saúde e educação.

    Ora quando havia dez a descontar para um ( e esse um morria cedo como MST defende no apontamento que publiquei) tudo se tornava mais fácil.

    Quando havia cinco a descontar para outros cinco começava a ser necessária muita imaginação para descobrir onde ir buscar mais impostos sem deixar morrer à fome o contribuinte.

    Agora quando houver três a descontar para cinco não há solução possível.

    Acresce que como diz um grande economista da nossa praça que muito prezo não há nada grátis, nem sequer os almoços.

    Só as dívidas das empresas públicas de transportes originadas no tal estado social ou socialista que se equivalem davam para comprar o estado do Texas.

    É claro que o senhor e muitos como o senhor ficam impressionados com a compra de um carro de luxo pelo administrador ou pelo ordenado excessivo de um ou mais boys da CP & Outras.

    São amendoins.

  • Sem imagem de perfil

    Rui F 04.06.2011

    Fado

    Uso a Lingua na sua plenitude.
    Só não te mando para um lugar porque sou simpático e educado.

    Não acredito em baixar a TSU subindo outros impostos pouco democráticos. Chamo a isso RELES vigarice da Direita.
    Competitividade sim mas pela via do conhecimento e da técnica e não pela via da chica espertice.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.