Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

O berço da democracia

Sérgio Lavos, 01.11.11

 

A notícia de um referendo na Grécia ao acordo europeu para a redução da dívida e a onda de descontentamento revelada pelos líderes europeus são excelentes notícias no olho da tempestade. Pressionado pelo seu partido e sobretudo pelos protestos incessantes, George Papandreou teria de ceder. Não é surpreendente que a primeira reacção de Sarkozy tenha sido telefonar a Merkel: há uma ameaça real à hidra bicéfala que está a conduzir a Europa ao abismo e essa ameaça chama-se democracia. Não conhecemos o futuro, e não sabemos qual vai ser o resultado do referendo nem as consequências da revolta grega, mas não deixa de ser simbólico que a democracia pareça estar a renascer das cinzas precisamente no lugar onde primeiro apareceu. As lições dos gregos ao resto do mundo - a contestação nas ruas, a luta - estendem-se ao domínio da democracia formal. Apenas poderá temer a voz do povo quem nunca a quis ouvir.

67 comentários

Comentar post

Pág. 1/3