Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011
por Daniel Oliveira

Para além do conselho para emigrar, o primeiro-ministro fez, no último fim de semana, previsões. E essas previsões permitem-lhe prometer - ainda se lembram das promessas da campanha eleitoral - que os impostos vão descer em... 2015.

 

Onde vai Passos Coelho buscar este ano mágico? Pensa que sairemos da recessão em 2013 e começaremos a crescer. Porquê? Porque a economia mundial vai estar bem e por isso aumentaremos as exportações para os EUA, América Latina e Oriente. Neste ataque de delírio optimista ficou de fora a Europa, para onde vão 75 por cento das nossas exportações. Menos mal.

 

Passos sabe (saberá?) que as medidas que está tomar vão rebentar com a procura interna. Resta-lhe a fé no que não depende dele. Mesmo que essa fé não tenha qualquer sustentação. Previsões destas, na atual situação económica internacional, não passam de palpites sem qualquer fundamento. As nossas exportações aumentarão se - possibilidade que não podemos descartar - sairmos do euro. Mas se sairmos do euro não me parece que Passos Coelho fique em São Bento para decidir seja o que for.

 

Fazemos as contas e percebemos de onde vem o ano de 2015. Há eleições legislativas. E isso sim, é uma previsão que se baseia num padrão histórico. É no ano do voto que os governos portugueses costumam baixar impostos e subir salários e pensões. Só que, também nesta matéria, me parece que o primeiro-ministro sofre de algum excesso de optimismo. Acredita que, com o desastre económico e social que está a preparar para este País, chegará ao fim do mandato.

 

Publicado no Expresso Online


por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

66 comentários:
MCosta
Desculpe-me, mas eles (PPC, Gaspar e Erva daninha et cetera e tal ) sabem muito bem o que estão a fazer e quais as consequências. TUDO isto é deliberado e tem como objectivo manter o mesmo estado de coisas, baseado numa economia que é uma das  mais desiguais dentro da OCDE.


É este o plano e está muito bem encaminhado nesse sentido, para nossa desgraça.


Cumprimentos 

deixado a 20/12/11 às 11:25
link | responder a comentário

Gentleman
É pena que o Arrastão se tenha abstido de comentar a morte do «Querido Líder» e, em particular, a postura complacente do PCP e do blogue 5Dias perante essa distopia chamada Coreia do Norte.
É importante que a Esquerda radical de mente arejada marque a sua diferença sob pena de ser confundida com os cavernícolas acima mencionados.

deixado a 20/12/11 às 11:35
link | responder a comentário | discussão

Gallup
Não comentaram lá vem a crítica. Se comentassem então, imagino as piadinhas que iriam... Preso por ter cão, preso por não ter... Sinceramente, gostava mesmo de perceber o que vai na mente de certas pessoas que por aqui habitam constantemente...

deixado a 20/12/11 às 11:47
link | responder a comentário | início da discussão

Kid Karocho
Pelo caminho que o teu "querido líder" quer levar portugal, estamos a avançar para uma política de "Ano Zero"...
A última vez que ouvi dessas foi no Kampuchea do Pol Pot.
Pode ser que entretanto mudem de ideias e voltem a apostar em desenvolvimento apostado em indústrias avançadas e empregos qualificados.
Mas quando chegarmos aí, para formar os portugueses provavelmente vamos ter que ir buscar professores angolanos...


Gentleman
Ao contrário de ti, não tenho pretensões a ser vidente. Mas caso as tuas catastrofistas previsões se concretizem, podes sempre usufruir de uma liberdade que na Coreia de Norte te seria negada: emigrar.


Mike
Começo a ficar farto desta estórinha de emigrar...

Emigra tu e os teus meu filho da puta...

Prefiro morrer à fome e a tentar limpar o sebo a fachos como tu, do que renegar à minha terra!!!

Daqui ninguém me tira!!! Nem que para isso tenha de vos matar a todos!!!

Pátria ou morte!!!


Gentleman
Daniel Oliveira, como é que é? Javardices destas agora também passam?


Kid Karocho
Olh'á Prima Donna, coitadinho do Gentleman que é tão sensível.
Queres uma previsão para ti? Vais ser dos primeiros a dar à soleta quando as coisas começarem a aquecer...

deixado a 20/12/11 às 14:52
link | responder a comentário | início da discussão

Mike
Jabardice são os teus comentários!!!

O maior insulto que me podem fazer é mandar-me sair da minha terra... Podes chamar-me de tudo... agora mandar-me sair do que é meu, é que não aceito, nem a ti, nem a nenhum primeiro ministro da treta...

Pátria ou morte!!!!

deixado a 20/12/11 às 14:53
link | responder a comentário | início da discussão

Observador

"Pátria ou morte!!!"


Dessas duas eu opto pela tua morte.



Mike
Ainda bem rato!!!

Assim já sabemos com quem contar... não tem nada que enganar...


TVA
Em tempos a malta conheceu um Mike.
Costumava andar junto com o Melga. Será que este está aqui representado pelo "Kid Karocho"?


(é tão indigente ver um gajo de esquerda proferir "Pátria ou Morte"...)


Kid Karocho
Indigente é ser incapaz de lidar com as críticas do DO ao Querido Líder PPC e ficar reduzido a grunhir:
Coreia do Norte! 
Kim Jong Il!

deixado a 20/12/11 às 16:10
link | responder a comentário | início da discussão

Observador
Mike, regressa lá para o jardim infantil que isto aqui não é para ti.
E já agora, rato é quem te fez os cornos...

deixado a 20/12/11 às 16:44
link | responder a comentário | início da discussão

tás farto, emigra caralho !!!!

e eu estou farta do teu choradinho a chamar fascista aos outros só porque não concordam contigo.

A única coisa que limpas é o chão com a língua se te apanho a jeito.


Mike
Tu fazes o que a quem? deves é estar muito parvo...

Vê lá com quem te metes...

deixado a 21/12/11 às 17:02
link | responder a comentário | início da discussão

PedroM
Mike, já nem o Melga te atura? Queres então limpar o sebo aos fachos porque amas mais a pátria que o Mário Machado...

E diz-nos lá, o que é que fazes (ou fizeste) aos fachos que renegaram a tua amada terra no reinado de D.Salazar e fugiram emigrados ou exilados? E aos fachos cobardes e traidores que desertaram do exército que defendia a tua querida pátria no nosso Ultramar?

deixado a 20/12/11 às 23:32
link | responder a comentário | início da discussão

Albano
"desenvolvimento apostado em indústrias avançadas e empregos qualificados."

Para isso precisamos de um governo de esquerda bem forte, com mais regalias para os trabalhadores  e mais impostos sobre as empresas, vai ver que
os empresários estrangeiros até se atropelam na ansia de abrir industrias dessas cá no burgo.

deixado a 20/12/11 às 15:34
link | responder a comentário | início da discussão

Sugiro-lhe que tente começar a fazer a agenda do Arrastão...

deixado a 20/12/11 às 14:03
link | responder a comentário | início da discussão

Toni Bolor
Eu sei, que tu (Daniel) sabes, que a maioria dos portugueses sabem e que até o Álvaro sabe que não se trata de optimismo... Trata-se de aldrabice colossal!

deixado a 20/12/11 às 12:19
link | responder a comentário

É horrível, as sondagens continuam a indicar que o PSD é o partido mais votado e que se assim quiser com o CDS volta a fazer maioria, mostrando ainda que os partidos da "esquerda" continuam a representar migalhas.

Este país está todo doido ou não lêem as lições do senhor Daniel Oliveira?

deixado a 20/12/11 às 12:25
link | responder a comentário | discussão

Wyrm
Fado, em Julho de 2012 não se esqueça deste e de outros comentários.

deixado a 20/12/11 às 12:48
link | responder a comentário | início da discussão

Não se trata de falta de lições, mas sim de medo e ignorância. Infelizmente somos assim...


Gentleman
Claro. Se a maioria não fosse medrosa ou ignorante poderíamos estar hoje sob um regime de inspiração marxista. Com tantos casos de sucesso que essas doutrinas já produziram, parece incrível que os eleitores portugueses não queiram experimentar também.


Imagino que na sua concepção de mundo, por oposição a este sistema neoliberal que nos tentam impingir só exista o marxismo. Mas asseguro-lhe que há mais. Uma visitinha aos países nórdicos pode fazer-lhe bem... 


Gentleman
Os países nórdicos são social-democracias. Não me parece que essa doutrina seja representada em Portugal pelo BE (e muito menos pelo PCP).
E, ao que parece, os países nórdicos estão a ficar ainda mais liberais que Portugal. A título de exemplo, veja a facilidade de despedir na Dinamarca. Até a Suécia tem sido bastante mais rápida a adoptar medidas neo-liberais como desregulação do que os países do Centro e Sul da Europa. Desde os anos 90 que a tendência tem sido um progressivo afastamento do conceito de "estado paizinho".


Gallup
Só o estado paizinho lhe incomoda, já o estado paizão que sustenta ou sustentou essa boyzada toda do costume, Mexias, Constâncios e os do costume, esses nunca o incomodam a si e a restantes ideólogos do discurso do costume nem um pouco. Já que falou na Suécia, compare a vida e mordomias do parlamento Sueco e o do Português. Compare a desigualdade de vida, salários por exemplo, nesses Países e no nosso. Compare o vencimento e mordomias das pessoas com cargos de topo nesses Países aos de Portugal, e depois compare o ordenado mínimo ou médio num País Nórdico e em Portugal. Já chega de tanta cegueira e demagogia. Não, não é o Bloco nem PCP que representam a doutrina da social democracia Nórdica, nem o PS. Mas vai-me dizer por acaso que é o PSD ou o CDS que o fazem não? Já chega de pensar no partidozito e começar a pensar de verdade nas pessoas e no País e tentar deixar de vez de fazer as pessoas de parvas. E o que Passos Coelho está a fazer, Relvas, Gaspar, Portas ou seja lá for que manda naquela pandilha nem sequer é comparável ao que de bom se faz nesses Países, nem nunca vai ser. Porque não existe honestidade para isso, e como povo somos muito menos exigentes que eles e comemos as patranhas de um passos ou de um sócrates vezes, vezes e vezes sem conta e depois passamos a vida a queixar-nos e a atribuir a culpa para o "lado" que nos dá mais jeito, no café ou no blog que tiver mais à mão.

deixado a 20/12/11 às 16:38
link | responder a comentário | início da discussão

Gimba
E também há o Kurzarbeit. É muito fácil despedir na Dinamarca... porque há rede de segurança social. Näo é o maná dos patröes como nos EUA ou RU, e como o PSD quer. Mas tu perceberes isso...

http://en.wikipedia.org/wiki/Flexicurity
"The policy shift thus came about with the 1994 and 1996 labour market reforms, when the introduction of flexibility[6] (http://en.wikipedia.org/wiki/Flexicurity#cite_note-5) was linked to security through the continued provision of generous welfare schemes"

Na Suécia um desempregado recebe 80% do salário durante um ano; na Finländia säo 67% durante dois anos.
É uma chatice ter sindicatos fortes!

deixado a 21/12/11 às 15:24
link | responder a comentário | início da discussão

Gallup
Depois ninguém consegue argumentar com o Fado. Lógico, se só vê o que lhe convém. E o Sócrates não esmifrou os Portugueses? Quantas vezes aparecia na frente das sondagens mesmo assim? Já para nem falar que voltou a vencer umas eleições. Com uma argumentação demagógica a esse nível em Portugal realmente o Fado chegaria longe na Política.


Mas eu não disse nada.
Limitei-me a citar as sondagens, daqui a bocadinho sou responsável pelo aquecimento global se indicar algum site que o demonstre?


Gallup
E eu também me limitei a citar as sondagens da altura fado! O resto foi só um aparte irónico!Image

deixado a 20/12/11 às 16:53
link | responder a comentário | início da discussão

web/snipper

Penso que serámelhor esperar!
Melhor, julgo que todos nós acalentamos a convicção de que continuarão a realizar-se, periodicamente, actos eleitorais.
Como se  escreve no "post" as declarações de PPC na entrevista ao CM referenciando um "alívio" da carga fiscal para 2005, mostram para que patamar, este Governo, espera deslizar em 2013 e 14.
A novidade - para os crentes - é  a inclusão de 2014. Não será o pré-anúncio da extensão das "medidas extraordinárias" (anunciadas para 2 anos)?

Finalmente, as projecções. Não serão as mesmas agências de sondagem de opinião que, nas vésperas das eleições de 5 de Junho passado, "davam" (vendiam) um empate técnico entre PSD e PS? 

deixado a 20/12/11 às 16:08
link | responder a comentário | início da discussão

Toni Bolor

Happy Christmas Zombie Bankers!


http://youtu.be/JCxd-8rA0ik

deixado a 20/12/11 às 12:33
link | responder a comentário

Caro Daniel,


Passei por aqui apenas para lhe deixar condolências pelo falecimento do Kim Jong-II. Pode ter morrido com o seu país a passar fome, mas na certeza que os seus seguidores aqui em Portugal lutam para construir um país igual à sua Coreia.

deixado a 20/12/11 às 12:39
link | responder a comentário | discussão

Gallup
Muito educativo e lúcido o seu comentário. De uma seriedade sem tamanho. Calculo então que também não se importe que deduza que o senhor luta para voltarmos ao tempo da outra senhora, ou então por uma liderança forte, Nazi como a de Hitler.
Você deseja as condolências e eu desejo-lhes os parabéns por uma comentário tão parvo, ridículo e provocatório, e que só me dá razão qual o intuito na frequência de certas pessoas neste blog. Blogs Nazis não faltam, o senhor seria lá muito  mais feliz, mas eu compreendo. Laia masoquista é assim mesmo. Boas visitas e continue com os seus sempre comentários tão abjectos e sem conteúdo, ajudam bem a perceber a porcaria que somos como País. Mas claro, é sempre mais fácil culpar os comunas, e a Coreia do Norte!


Observador
Não concordo que Portugal seja uma "porcaria" de país. No último Índice de Desenvolvimento Humano ficamos no 41º lugar num total de 187 países. Estamos, portanto, no 1/4 de topo. E em termos de PIB per capita estamos em 32.
Bem pior estaríamos seguramente se a extrema-esquerda tivesse governado Portugal nas últimas três décadas.


Gallup
Quando falo em Porcaria, logicamente falo por revolta. Por termos deitado ao lixo um País tão diferente que podíamos ser, se não fosse a ganância, corrupção, incompetência que sempre passou e passa impune e que nos trouxe a isto. Porque é óbvio que no mundo ainda somos um oásis, tirando a Europa e os Estados Unidos a maioria dos Países nos outros continentes são o que sabemos. Daí esse suposto "honroso" lugar em tantos Países não me dizer nada, pelo contrário, até acho péssima a classificação. Pois logicamente que não vou comparar Portugal a Países como o Irão, Coreia do Norte, China, Somália e tantos outros. Apesar de tudo considero-me livre ainda, e disso que não vou abdicar nunca.

deixado a 20/12/11 às 16:50
link | responder a comentário | início da discussão

Gimba
 O Passos Coelho é seguidor do Kim Jong-il? Muito me contas...

deixado a 21/12/11 às 15:19
link | responder a comentário | início da discussão

José Silva


Cavaco Silva passa a mensagem de um Natal dentro do possível, entenda-se para os que ainda podem festejar o Natal; e o Primeiro Passos, dá Passos no caminho de dizer que fez o melhor que soube, mas que a crise é quase impossível de superar e aconselha os professores a emigrar. Em face disto e porque acredito em Deus, continuo a desejar-vos Boas Festas:

BOAS FESTAS

Vos desejo Boas festas

e ainda um Feliz natal

que felicitações destas

te melhorem Portugal:

-

e aconselhou a emigrar

Secretário de Desporto

e vem Passos anunciar

o mesmo e dá pró torto!

-

e tem noventa medidas

ainda para implementar

e para lixar certas vidas;

quer docentes a emigrar?

-

e entopem das portagens

no Fisco, uns processos

portugueses dão imagens

de já estarem possessos?

-

e já poucos estão gordos

ai como está um elefante

e praticam caça a tordos

lá para a Via do Infante!

-

roubam nos multibancos

e roubam as ourivesarias

ó povo sejamos francos

virão uns melhores dias?

-

Eugénio dos Santos


deixado a 20/12/11 às 15:08
link | responder a comentário

José Silva

(continuação)

e segundo diz o Primeiro

o dois mil e quinze terá

o incremento verdadeiro

e o imposto não subirá?

-

para o ano sobe um IVA

de seis para vinte e três

se quer restauração viva

vai é matá-la duma vez!

-

sobe a retenção na fonte

leite achocolatado é cruz

ai na escola lá do monte

sem ter o sinal de Jesus?

-

lá os pobres pequeninos

ai como Jesus foi um dia

ficam sem leite meninos

escola terá a sua agonia?

-

e lá vai o mestre escola

vai leccionar p'ra o Brasil

ou então vai p'ra Angola

do José Eduardo, gentil!

-

eu fui a Lisboa vi o BIC

com luz e com esplendor

e quero qu'escrito fique

dão Angolanos seu amor?

-

nossa governação tirana

e nem o Chefe do Estado

o nosso povo não irmana

só o torna é desgraçado!

-

e eu termino com o mote

desejando as Boas Festas

que se vos encha o pote

p'ra ensinar estas bestas!

-

Eugénio dos Santos



deixado a 20/12/11 às 15:10
link | responder a comentário

ana cristina

o debate anda rasteirinho por aqui. será em parte por isso que a esquerda não descola nas sondagens?

deixado a 20/12/11 às 15:13
link | responder a comentário | discussão

João Cerqueira
Sinceramente Daniel, isto está a descambar para um ponto onde já não é possível escrever uma palavra sem se ser insultado.
Está toda a gente de cabeça perdida?
Eu posso discordar das ideias do Arrastão, mas considero-o um dos melhores blogues de debate político.
Tanta violência verbal apenas o destrói.

deixado a 20/12/11 às 20:57
link | responder a comentário | início da discussão

JEM

De previsões tenho sempre desconfiança. Especialmente das de quem nunca as acertou.





Não sei se Passos Coelho é bom a fazer previsões. O tempo o dirá. E já agora, se são previsões boas, desejo que acerte.



Mas sei quem costuma ser muito mau a fazer previsões.


Por exemplo, quem previu que o comunismo era a solução para os problemas do mundo. 


Ou, por exemplo, quem previu que os investimentos públicos de Sócrates e os seus défices gigantescos iriam trazer prosperidade para o país (os parques escolares, pontes e tgv's, auto-estradas a triplicar, moinhos de vento todos modernaços).

deixado a 20/12/11 às 15:27
link | responder a comentário | discussão

Gentleman
Bem visto.
Isto para já não falar naquelas previsões que os marxistas têm vindo repetidamente a fazer desde o séc.XIX acerca do iminente colapso do capitalismo. Têm sido tão certeiras quanto as previsões das Testemunha de Jeová sobre a data do fim do mundo... 


Kid Karocho
Os anglo-saxónicos classificam o que o Gentleman acaba de escrever como "whistling past the graveyard".
É bom saber que esse mantra te tranquiliza nestes tempos incertos...
Image


Gentleman
Desde a Revolução Industrial que o Capitalismo teve muitas crises. E superou todas elas, saindo reforçado. 
Porque haveria desta vez ser diferente?


Kid Karocho
Porque desta vez para o capitalismo sobreviver necessita de violar as leis da termodinâmica (não só o crescimento infinito é impossível com recursos finitos, mas a extracção desses recursos é cada vez mais desvantajosa de um ponto de vista energético).
É certo que se pode imaginar ao regrsso a um capitalismo pré-revolução industrial (steady-state), mas isso é o mesmo que voltar a pôr a pasta de dentes toda de volta no tubo (o que também é uma impossibilidade termodinâmica).

deixado a 20/12/11 às 17:45
link | responder a comentário | início da discussão

Kid Karocho
Para perceberes porque é que o sistema atingiu os seus limites:
http://www.chrismartenson.com/crashcourse (http://www.chrismartenson.com/crashcourse)



ou numa versão resumida:
http://www.youtube.com/watch?v=8WBiTnBwSWc&feature=player_embedded#! (http://www.youtube.com/watch?v=8WBiTnBwSWc&feature=player_embedded#!)



E atenção que não concordo com as soluções de curto prazo dele, mas o diagnóstico é exacto.


Gentleman
Assim estás melhor. Mais civilizado e racional do que naquela parelha com o inenarrável "Mike".


Um vídeo muito interessante, que alerta para a questão do crescimento galopante da dívida e do uso dos combustíveis fósseis. No segundo caso, não me parece que seja um problema exclusivo do Capitalismo. Uma sociedade socialista é igualmente afectada. A não ser que se preconize uma solução Ludita, cabe aos cientistas e engenheiros encontrarem alternativas. O poder político também lhe cabe a tarefa de facilitar a transição para as energias alternativas. E isso está a ser feito.
Quanto à dívida, as medidas de austeridade até visam conter esse crescimento galopante...


Kid Karocho
É óbvio que qualquer outro tipo de sociedade baseada no crescimento ad infinitum se vai defrontar com os mesmos problemas.
Acontece que a necessidade de crescimento exponencial é inerente ao actual modelo capitalista visto que os modelos monetários em que se baseia requerem esse crescimento exponencial, o que o condena à extinção num prazo na ordem das dezenas de anos, ou mesmo numa questão de anos...
Eu sou cientista e posso-te dizer que não se faz ciência ou engenharia a essa escala com 5 tostões no bolso. O que está a ser feito neste campo é insignificante face ao desafio que enfrentamos.
Uma solução tecnológica para a escassez energética
no intervalo de tempo de que falamos requer um investimento à escala de um progama Apollo (5% do orçamento), mas a nível global.
Os governos não podem (na tua visão) ou não querem fazer esse investimento.
Os privados mesmo que tivessem os recursos para isso, como não terão um retorno durante décadas
(a reconversão de infraestrutura, que faz o grosso dos custos, teria de ser a fundo perdido), não vão
fazer esse investimento.
Portanto enquanto o paradigma ideológico fôr o do Milton Friedmann, esquece a possibilidade de uma solução tecnológica.
Por último, a curto prazo a austeridade não funciona, visto que num panorama de recessão global a austeridade leva a um aumento da dívida em
percentagem (as exportações estagnam ou mesmo contraem e o mercado interno está em ruinas).
O que é pouco inteligente é não ver que a política de austeridade não anula o requisito de crescimento exponencial inerente ao sistema económico actual.
Sem mudar esse sistema continua-se a caminhada para o abismo, (a austeridade inclusivamente precipitaria isso).
A não ser que uma Somália global seja a sociedade em que queres viver, porque, até ver, é para aí que caminhamos... 

deixado a 21/12/11 às 10:57
link | responder a comentário | início da discussão

web/snipper

O colapso do capitalismo foi (também) uma previsão marxista...
Estaremos próximos?
Vale a pena rezar uma missa à santa Merkel?

deixado a 20/12/11 às 17:28
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador