Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011
por Bruno Sena Martins

 

Sobre a forma ligeira como em Portugal foi tratado o caso Javi garcia-Alan, vale a pena ler este texto do Fred  em torno do análogo britânico: 

 

 "Em Portugal, Javi Garcia terá alegadamente proferido declarações racistas (e assassinas) contra Alan e Djamal. O que se faz? Absolutamente nada, e condena-se Alan por ter falado em X vez de Y horas, debatendo-se ainda o conceito de insultos racistas reduzindo-o o mais possível. Em Inglaterra, Luís Suaréz terá feito semelhante a Evra. Abriu-se um inquérito, ouviram-se os dois jogadores em tempo útil e decidiu-se penalizar o avançado uruguaio com 8 jogos de suspensão. Não estou a dizer que a suspensão é certa ou errada, se o uruguaio realmente fez o que se alega ou não. Aliás, no seu caso até parecem existir algumas atenuantes, com declarações que lh são favoráveis por parte da própria vítima. Estou apenas a sublinhar e a louvar o facto de se ter investigado seriamente o assunto, por se considerar que o racismo é condenável e deve ser erradicado dos campos de futebol. Ao invés do que sucede em Portugal, em que se faz de conta que nada acontece, se tenta disfarçar a coisa e esperar que passe sem que ninguém se lembre. Relembro que em Inglaterra Suaréz não é o único: John Terry, capitão da selecção inglesa, também foi investigado num caso similar este ano, chegando mesmo a ser interrogado pela polícia britânica. Isto diz muito não apenas da capacidade, utilidade e competência das instituições que regulam o futebol de um e de outro país, mas sobretudo da forma como um e outro país vêem algo tão grave e condenável como o racismo." Fred, FootyElegance

 


por Bruno Sena Martins
link do post | comentar | partilhar

31 comentários:
Gentleman
Um tema da máxima acuidade e importância...

deixado a 21/12/11 às 12:26
link | responder a comentário | discussão

xuxu
Há quem ache que decencia, repeito pelos direitos humanos e profissionalismo sao de facto temas da maxima importancia.


Gentleman
Decência? Ó xuxu, desde quando é que isso existe no mundo do futebol?
O que me espanta é que haja gente de Esquerda preocupada com circo...


xuxu
A decencia que existe no mundo do futebol e normalmente a mesma que existe na sociedade em geral

http://www.telegraph.co.uk/sport/football/teams/chelsea/8970623/England-football-captain-John-Terry-to-be-charged-with-racially-abusing-Anton-Ferdinand.html

deixado a 21/12/11 às 18:16
link | responder a comentário | início da discussão

Slint
Oh por favor, se o Suarez fosse inglês, gordo e se chamasse Wayne Rooney nem 2 jogos tinha levado

deixado a 21/12/11 às 12:45
link | responder a comentário

mário borges
Qual é o graal de um adepto do fcporto?
Todos os dias acordar e encontrar maus fígados para justificar o seu ódio pelo Benfica.

deixado a 21/12/11 às 12:55
link | responder a comentário

Caramba!
concordo. as instituições que em portugal regulam o futebol não valem a ponta de um corno.

mas vamos lá ver, não era importante que o djamal e o alan tentassem provar a coisa? é que, até onde vai o meu conhecimento sobre o caso (não é muito, diga.se de passagem...) eles limitaram-se a mandar uns bitaites na tv..

depois o benfica fez o que qualquer clube faria neste caso, que foi tentar defender o seu jogador.

mas concordo, com a ideia geral, o futebol em portugal é uma belissima merda.

deixado a 21/12/11 às 13:00
link | responder a comentário

Vamos ver como evolui a polémica em Inglaterra. Segundo o que veio a público não há testemunhas que suportem a acusação do Evra . Foi a palavra de um contra a do outro e a FA decidiu fazer um juízo de carácter dos jogadores: o honesto e o mentiroso.

Quanto ao que por cá se passou, ficará sempre a dúvida: porque motivo Alan não apresentou queixa?

deixado a 21/12/11 às 13:28
link | responder a comentário

O silência é de oiro mas estão sempre a esquecer-se desta máxima.

O senhor não sabe se a  suspensão é certa ou errada, não sabe se o uruguaio realmente fez o que se alega ou não mas tem a mão ligeira para saber que Javi insultou em castelhano um fulano que nada sabe desta língua.
Deve ter sido em esperante ou então em Braille.
Os óculos azuis entontencem até o mais elevado intelectual.

 

deixado a 21/12/11 às 13:56
link | responder a comentário

Luis
Em Inglaterra estão neste momento a questionar a eficácia de um inquérito que depende apenas das palavras de cada um dos intervenientes. A actual condenação é obviamente do mais questionável. Da mesma forma aqui seria difícil averiguar da veracidade das acusações de Alan ou das defesas de Javi Garcia. Este tipo de inquéritos duvidosos servem mais para arma de arremesso do que outra coisa, como se percebe aliás deste post. Estamos a entrar num tipo de situação semelhante ao que se passou na Universidades americanas e inglesas nos anos 90 com falsas acusações de violação a destruir a carreira de jovens que nada tinham feito enquanto reais violadores escaparam à investigação, no meio do ruído. Neste aspecto acho que Portugal demonstrou estar bem à frente dos ingleses, tão cheios de culpa do seu racismo e por isso vítimas fáceis da PC (political correctness e não Pinto da Costa).

deixado a 21/12/11 às 14:00
link | responder a comentário

José
Há uns anos um jogador de futebol de um clube português conduzia um automóvel, possivelmente alcoolizado, passou um sinal vermelho, chocou com outro carro e matou o seu condutor. Fugiu do local e tentou que fosse outra pessoa a assumir que ia ao volante. Que saiba este jogador não teve qualquer tipo de sanção e penso que nem sequer chegou a ir a tribunal responder pelos vários crimes que a situação descreve.
Depois desta escandalosa impunidade, são umas palavras (ou insultos) ditas em privado entre duas pessoas que devem merecer a atenção da polícia? Se sim, a vítima que vá à polícia e apresente queixa. Senão, claramente parecem-me haver questões bem mais graves que merecem investigação e condenação. E não estou a subestimar o mal do racismo. 

deixado a 21/12/11 às 14:04
link | responder a comentário | discussão

Grande resposta...


Bonifacio Milhoes

MAMAO!!!!!!!!!

deixado a 21/12/11 às 16:20
link | responder a comentário | início da discussão

Se está a referir o Yuran o caso não foi assim, aliás não percebo porque não coloca o nome das pessoas.


José
Não achei relevante. Escrevi de memória. Quer clarificar então como é que foi o caso?


Yuran circulava por uma avenida e um carro arrancou e fez inversão de marcha não respeitando nenhuma norma de segurança nem sequer o traço contínuo e assim foi apanhado do lado do condutor que morreu.

 


José
Mas confirma que o Yuran fugiu do local de acidente? E que na altura se tentou dizer que não era ele que ia a conduzir?
Desde o crime de não assistência, ao tentar enganar as autoridades mais os possíveis crimes/infracções que terão motivado a fuga e quem sabe as consequências do acidente (excesso de velocidade e de álcool - a 50km/h e com bons reflexos deve dar para travar de forma a pelo menos reduzir a velocidade de forma a não ser mortal), tudo isto foi a julgamento? O Yuran entrou nalguma sala de tribunal?


Sim, Yuran foi julgado à revelia e condenado a uma pena que sinceramente agora não me lembro qual foi.
Mais não se podia fazer graças à lentidão dos Tribunais e à rapidez dos advogados.

deixado a 22/12/11 às 08:41
link | responder a comentário | início da discussão

Rui F
Bem metida José

deixado a 21/12/11 às 16:28
link | responder a comentário | início da discussão

Antónimo
mas pq é que nos devíamos preocupar?

a alemanha diz que os portugueses são preguiçosos e gastadores, os jornais ingleses que somos porcos. O governo e o PR reforçam (veja-se a da vida fácil).

alguém fica varado de indignação?

até acreditamos e os que votam neles até merecem.

deixado a 21/12/11 às 14:33
link | responder a comentário

Rui F
E a tirada certeira do cirurgião Barroso?
Pinto da Costa espirra, os árbitros constipam-se?

Só não vê quem não quer

deixado a 21/12/11 às 16:30
link | responder a comentário | discussão

Mike
Esse tal de Barroso não é o presidente da AG de um clube que falta a um jogo desse mesmo clube para ir ver o real-barça?

Isso sim é que é um grande presidente de Assembleia Geral, máximo representante dos sócios de um clube...


Rui F
Qual o problema?

Aposto se fosse um Sporting-Porto o individuo não faltaria...


Mike
Ai não vês nenhum problema?

Um presidente da AG, que é o representante máximo dos sócios do clube, ausentar-se sem ser por motivos de força maior, ou em representação institucional, de um jogo do seu clube, qualquer que ele seja, para ir passear a madrid, acho que diz tudo quer da personagem, quer do clube que ele representa.

deixado a 22/12/11 às 14:50
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador