Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011
por Miguel Cardina

 

 

Um trabalho de Nuno Oliveira. Clique aqui para ver em tamanho aumentado.


por Miguel Cardina
link do post | comentar | partilhar

28 comentários:
A taxa de natalidade desceu mais agora no final do ano, depois das primeiras medidas gravosas como a descida de salários na função pública ou o aumento do desemprego terem sido uma realidade, porque nos primeiros meses do ano a  queda não se verificava.
Espero que se faça um estudo sério sobre isso para ver a correlação existente entre a crise e a baixa taxa de natalidade. Para agravar as coisas este governo que diz defender a família ainda aumentou  os produtos lácteros para bebés de 6% para 23%.
Os rendimentos são  baixoa, a situação vai tornar-se ainda mais isustentável, por isso, muita gente tem medo de ter filhos, porque nem sabe se depois terá dinheiro para comprar comida e roupa para que a criança viva com a dignidade que merece qualquer ser humano.

deixado a 30/12/11 às 22:52
link | responder a comentário | discussão

Anónimo
Falta também relacionar a evolução da taxa de natalidade com a da taxa de emigração onde muita gente nova (em idade de ter filhos) está a sair do país às centenas por mês. Este ano tem sido uma sangria para o país e o que virá nem se fala.

deixado a 31/12/11 às 01:41
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador