Segunda-feira, 31 de Maio de 2010
por Pedro Vieira

© rabiscos vieira


por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

17 comentários:
... sendo que, na minha opinião, o elefante pode e deve representar o Partido Republicano dos EUA (bem como todos os seus «fiéis» espalhados pelo mundo, como a afamada «Liga dos 31 pela Promoção e Protecção da Força Armada» .

deixado a 1/6/10 às 00:10
link | responder a comentário

LGF Lizard
Bem, quando os palestinianos fizerem um atentado terrorista em Israel ou dispararem rockets, que matem israelitas, devo esperar que vocês façam um desenho semelhante?
Acho que posso esperar. Sentado.

deixado a 1/6/10 às 00:32
link | responder a comentário

da Maia
Teria razão...
mas sabe, o princípio fundador do Estado de Israel também foi com terroristas e atentados bombistas, o mais sangrento de todos o do Hotel King David, que vitimou quase 100 pessoas, e foi protagonizado por Ben Gurion, que depois foi Presidente de Israel.
De terrorista passou a presidente respeitável!
O que é que isso tem de diferente com o Hamas?
Eles estão a copiar o modelo... chateia? - pois peçam-lhes direitos de autor.
Mas para esse filme de idoneidade moral, não há peditórios... há lamechas!

Se a filosofia for o "vale tudo" então Israel tem que aceitar um Irão nuclear, e já agora Egipto, Síria, etc... é isso que quer?

Vamos lá a ser razoáveis, está bem?

deixado a 1/6/10 às 00:54
link | responder a comentário

[...] This post was mentioned on Twitter by Arrastão, Rede TubarãoEsquilo. Rede TubarãoEsquilo said: o elefante na loja de porcelana: © rabiscos vieira http://bit.ly/a9gauV [...]

deixado a 1/6/10 às 00:58
link | responder a comentário

LGF Lizard
1. Não foi o Ben Gurion, mas sim o Begin o responsável pelo atentado...

2. Depois, a resistência à ocupação inglesa é tão legítima como a resistência irlandesa à ocupação britânica. Curiosamente, o líder do IRA também foi presidente da Irlanda...

3. Não compare Israel com o Hamas. É o mesmo que comparar um diamante com um bocado de esterco.

4. Admira-me que queira diálogo, depois de insinuar que sou "pago" para comentar...

deixado a 1/6/10 às 01:11
link | responder a comentário

Lisboeta
LGF Lizard: admiro a firmeza, embora nervosa, como defende um estado fundado em bases de cariz criminoso / terrorista. Se eu tivesse influência junto do governo de Israel recomendava que este o condecorasse com a medalha da Ordem de Lehi... ;-)

</i>«Lehi, acronym for Lohamei Herut Israel (“Fighters for the Freedom of Israel”) was an armed underground Zionist group in Mandatory Palestine. Its goal was to forcibly evict the British authorities from Palestine, allowing unrestricted immigration of Jews and the formation of a Jewish state. It was initially called the National Military Organization in Israel. The Lehi is also commonly referred to, after its founder, Avraham Stern, as the “Stern Group” or “Stern Gang”.

The smallest and most radical of Mandatory Palestine’s three Zionist paramilitary groups (Haganah, Irgun and Lehi), the group never had more than a few hundred members. Lehi split from the Irgun in 1940. It carried out the November 1944 assassination in Cairo of Lord Moyne, along with several attacks on the British administration in Palestine. It was described as a terrorist organization by the British authorities and was banned by the newly-formed Israeli government under an anti-terrorism law passed three days after the group’s September 1948 assassination of the UN mediator Folke Bernadotte. The United Nations Security Council called the assassins “a criminal group of terrorists,” and Lehi was similarly condemned by the subsequent United Nations mediator Ralph Bunche.

Israel granted a general amnesty to Lehi members on 14 February 1949. In 1980 the group was honored by the institution of the Lehi ribbon, a military decoration awarded “for military service towards the establishment of the State of Israel”. Future Israeli prime minister Yitzhak Shamir was among its leaders.»</i>

deixado a 1/6/10 às 01:17
link | responder a comentário

anon
O LGF ainda espera receber uma medalha por parte do estado sionista pelos serviços prestados na blogosfera.

deixado a 1/6/10 às 01:19
link | responder a comentário

pedro
A opinião de Robert Fisk no The Independent

http://www.independent.co.uk/opinion/commentators/fisk/robert-fisk-western-leaders-are-too-cowardly--to-help-save-lives-1987989.html

deixado a 1/6/10 às 01:38
link | responder a comentário

Aconselho a todos os que condenam este acto a ver que se tratou de autodefesa. Há vários videos a mostrar o que os ''activistas'' fizeram.

deixado a 1/6/10 às 02:46
link | responder a comentário

Já todos vimos, José Maria Barcia. O Mundo todo, a ONU, a UE, e toda a gente lhes deu a importância que há de ter percebido.

De cadeiras em punho, atacaram violentamente os militares israelitas, que passaram para dizer olá. E eles, que tinham descido do heliópetro e entrado num barco estrangeiro de armas na mão e ilegalimente em águas internacionais só para conversar sobre a situação no Médio Oriente, tiveram de os matar, coitados. Pena que a censura militar israelita tenha proibido mais informações (pode ver as notícias). Aí ficaríamos a saber como usaram os terroristas o spray e os berlindes que os israelitas dizem ter encontrado no impressionante arsenal bélico de facas de cozinha e outras armas de destruição em massa que vinha no barco. Quem quer comer propaganda, não se importa que ela seja da mais fraquinha. Desde que possa ocupar o debate a dizer qualquer coisa para não ter que pensar, marcha tudo.

deixado a 1/6/10 às 03:09
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador