Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

O traste

Sérgio Lavos, 27.02.13

 

O exercício já foi feito por mais pessoas, mas nunca é de mais recordar alguns dos tuítes com que Pedro Passos Coelho nos brindou antes de ir ao pote, um festival de encenação e má fé nunca antes visto em Portugal:

 

Se formos Governo, posso garantir que não será necessário despedir pessoas nem cortar mais salários para sanear o sistema português. - 2 de Maio de 2011.


Temos de apostar na economia, mas na economia que cria emprego, não na economia que cria rendas aos amigos do poder. - 2 de Maio de 2011.


Impostos e salários foram sacrificados para pagar juros demasiado altos. Quem assim procedeu não pensou no país mas em salvar a própria pele. - 2 de Maio de 2011.


Faremos diferente, trazendo para cima da mesa as contas verdadeiras e pondo o Estado a fazer os sacrifícios que andou a impor aos cidadãos. - 2 de Maio de 2011.


A médio e longo prazo, a consolidação orçamental não é suficiente: o crescimento económico é a única solução para reduzir a dívida. - 3 de Maio de 2011.


Para salvaguardar a coesão social prefiro onerar escalões mais elevados de IRS de modo a desonerar a classe média e baixa. - 10 de Maio de 2011.


Não vamos nomear os amigos. Nomearemos com transparência aqueles que por mérito e competência merecerem ser nomeados. - 25 de Maio de 2011.


Ficámos ontem a saber que há concursos públicos internacionais forjados: o Governo já sabe quem ganha antes de os lançar. - 27 de Maio de 2011.


Ninguém nos verá impor sacrifícios aos que mais precisam. Os que têm mais terão que ajudar os que têm menos. - 1 de Junho de 2011.


Não quero ser eleito para dar emprego aos amigos. Quero libertar o Estado e a sociedade civil dos poderes partidários. - 2 de Junho de 2011.


Prefiro ser criticado por alguma medida mais difícil que defendo do que ser acusado de ludibriar as pessoas. - 16 de Maio de 2011.

Foi você que pediu um primeiro-ministro mentiroso, aldrabão, ignorante, cínico e farsante? Ou quer repudiar e derrubar o maior traste que já passou pela cadeira de primeiro-ministro de Portugal? Informações aqui.

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    I see you 28.02.2013

    Estás enganado e a enganar.


    Ninguém publicou nada sobre os teus filhos.


    O Arrastão nada tem que ver com isto.


    A tua página do Facebook dispensa essa necessidade. Página essa onde optaste por colocar publicamente essa informação.


    Se o nome era da tua mulher e irmã, és tu que o dizes, ninguém o afirmou, tu é que vieste confirmar.


    Depois de ameaças físicas e calunias ordinárias com que normalmente respondes a argumentos é curioso vires aqui fazeres-te de vítima. Curioso, mas típico!


    Ameaçaste-me e injuriaste a minha família e a mim.
    Querias vomitar esse fel todo, por trás do teu "anonimato" e pensavas que não haveria reacção?


    Eu não silencio ninguém, tu é que procuras silenciar,   trazendo absolutamente nada para uma discussão excepto ameaças de porrada e insultos ordinários a vários foristas. As pérolas estão por aí espalhadas, até a um senhor com idade para ser teu pai ameaçaste arrancar a barba à pedrada.


    Eu sei bem o que te picou, foi a Rua João Saraiva, nº 34 1º, onde vestes o avental. Esqueces é que o Olho que tudo vê, também te vê a ti. I see you... with the help of your facebook!


    Vai e enfia-te debaixo da pedra de onde saíste  ninguém vai notar a tua ausência.
  • Sem imagem de perfil

    Antonio Cunha 28.02.2013

    Tu és tão estupido que nem sabes o que aqui metes. És um aprendiz de hacker e sacaste umas informações que nem sabes bem do que são. Se te digo que meteste informação sobre os meus filhos é porque é verdade.


    Ando aqui à 4 anos e nunca tive a necessidade de esconder quem sou nem o que faço. Como diz o Lavos e com alguma razão, essa tipo de atitude tem algumas desvantagens como o facto de nos poderem apontar o dedo pelas nossas escolhas.


    Já percebi o teu desígnio. Achas-te um vingador da internet, um tótó que defende os pobre e oprimidos.


    O Amigo Bolota é alguém com quem sempre troquei posts destes últimos 4 anos e foram muito mais as vezes que ele me ofendeu do que eu a ele. Ele chama-me Osgas, Sargento da treta e eu chamo-o de agricultor da IC19, e a "ameça" de arrancar a barba há pedrada é só um dos mimos que costumamos trocar, mas mesmo assim há algum respeito entre nós.


    Em relação a ti Ricardo, as informações que recolhes no facebook nunca te levariam até aqui à loja dos aventais LOL 
    A conversa começou e recordo-me muito bem quando TU me chamaste PIDE. Eu fiz um comentário e tu e mais meia duzia de amantes da liberdade como tu partiram para o insulto. 


    Eu nunca insulto ninguém aqui. Normalmente respondo aos mimos, com outros mimos.


    Mas de uma coisa valeu este meu post, serviu para perceber que pessoas são o Daniel e o Sérgio e serviu também para não os confundir com gente como tu. Se um dia Portugal cair nas mão de gente como tu estamos de volta à mais triste dos capítulos da nossa história. Estamos de volta ao tempo do medo, da censura e dos controleiros e bufos.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 28.02.2013

    "Eu nunca insulto ninguém aqui. Normalmente respondo aos mimos, com outros mimos."

    a sério, cunha? tu nunca insultas? é tudo em legítima defesa (da honra)?
    ceús! TODOS os dias tu ofendes, provocas ou tentas humilhar alguém. é limpinho.
    tem vergonha na cara, pá.
  • Sem imagem de perfil

    Antonio Cunha 28.02.2013

    proponho que me apontes um caso em que eu tenha ofendido alguém gratuitamente ! SE o provares eu peço desculpa ao ofendido !
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 28.02.2013

    ui, ui. quem não te conhecer que te compre.
    a fazeres-te de virgem ofendida. logo tu.

    nem é preciso recuar muito para te apanhar com as calças em baixo. ora vejamos:

    ontem às nove e pouco da manhã:
    "comunas ranhosos !"

    ontem por volta das quatro da tarde:
    "Mas você é estupido ou come merda às colheres ?"

    ontem às dez e meia da noite:
    "não vales mesmo nada filho da puta"

    (e nem vou procurar mais)
    (e em nenhum dos casos o que vinha antes justificava a tua atitude)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.