Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Corporações

Sérgio Lavos, 29.06.13

Irmão de presidente da Optimus indicado para liderar a AdC.

 

Num país em que são privatizadas empresas públicas que têm lucro com o pretexto de liberalização dos mercados, na prática entregando-se monopólios naturais a lucros privados, sem que os consumidores sintam os resultados dessa liberalização, é natural que se entregue a supervisão da concorrência a um familiar do principal administrador da empresa que está a ser supervisionada.

 

Na realidade, as leis do mercado não se aplicam a determinados sectores da economia. A liberalização do mercado e o fim do controlo estatal do preço dos combustíveis levou a que, em dez anos, Portugal tenha dos preços mais elevados da OCDE; a liberalização do fornecimento de electricidade e de gás natural está a ter exactamente o mesmo efeito - a privatização da EDP contribuiu para que, em dois anos, a factura de electricidade tenha aumentado exponencialmente para a generalidade das famílias e das empresas; e a concorrência entre empresas de comunicações é uma farsa - basta ser um consumidor atento para se perceber a concertação de preços e de serviços, que leva a que paguemos muito mais do que média da OCDE por serviços telefónicos e Internet, sendo a qualidade bastante inferior à média. 

 

A principal lei do capitalismo - a da oferta e da procura - não funciona. Em Portugal, quanto mais oferta existe, mais os preços sobem para o consumidor. Muitas vezes, com pior qualidade. E os sucessivos Governos estimulam e alimentam as corporações que beneficiam deste crony capitalism. O melhor dos mundos é este.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Bolota 30.06.2013

    JgMenos,

    Contas feitas, as sete maiores fortunas em Portugal viram o seu valor conjunto aumentar em 621,14 milhões de euros (Meuro) em apenas seis meses. Se, no final do ano passado, valiam 10,99 mil milhões de euros, hoje estão avaliadas em 11,62 mil milhões. Este ganho é meramente potencial, uma vez que os milionários não venderam as participações.

    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3296576 (http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3296576)

    JgMenos,

    Se mesmo assim não consegues perceber que estás a ser enrabado por meia duzia de habilidosos acavalo no sistema, desculpa, não é cegueira é parvoice.

     
  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 30.06.2013

    Oh! Bolota!
    Voltamos sempre ao mesmo!
    Não pode haver ricos? Faz a revolução, carago!
    Há limite para a riqueza particular? Diz-me a partir de quando é que o dinheiro tem que emigrar!
    Queres dizer-me que os primeiros a sair da crise são os ricos? Não sabes que são os primeiros a entrar nela?
    É claro que o que te chateia é que os ricos (mesmo!) entram e saem das crises sem passar necessidades - estavas à espera de quê? Que fossem pobres?
    Vê se te resolves a viver em capitalismo, onde sempre haverá gente ao abrigo de necessidades, o que aliás sempre acontece em todo o lado, ou julgas que ao Lenine e ao Mao alguma vez lhe faltou a sopa quando milhões morriam de fome?
    Põe-te fino!
  • Sem imagem de perfil

    EL 01.07.2013

    [Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

    <p class="incorrect" name="incorrect" <a="">Chiça carriça....</p> <p class="incorrect" name="incorrect" <a="">Os pobres são para esconder. Assim nada atrapalha as entradas e saidas dos ricos - que só o são porque usaram os pobres com mão de obra- na crise.</p> Já que, quando pensa é sempre redondo, aproveite e vá a banhos. Até Agosto, pelo menos, aconteça o que acontecer , já todos sabemos o que vai escrever: Ou são os funcionários públicos os culpados, ou é a troika, ou é a divida de um povo, excepto talvez o senhor, que viveu muito bem e ficou a dever....Concluindo e baralhando, o governo é bom, o povo é malandrage "
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.