Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Perfeitamente normal

Sérgio Lavos, 16.09.13

Continua a saga de um início de ano escolar "perfeitamente normal". Escolas que não abrem por falta de professores ou por não terem condições devido à paragem das obras de requalificação, em vários pontos do país, protestos em diversas escolas, falta de contínuos em inúmeros estabelecimentos, milhares de horários sem professores e milhares de professores por colocar nesses horários. A mistura entre a vontade de destruir a escola pública - redução do número de turmas, de contínuos e de professores - e a pura incompetência - vários atrasos nos processos que dão início ao ano escolar, desde a colocação dos professores à organização dos agrupamentos - leva a que este esteja a ser um ano muito complicado para milhares de famílias em todo o país. Quem é que quer mesmo prejudicar os alunos? Serão os professores que fizeram em Junho passado greve aos exames ou Nuno Crato e o Governo a que ele pertence?

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.