Domingo, 30 de Maio de 2010
por Sérgio Lavos


Não terei visto muitos filmes com Dennis Hopper, mas bastariam dois para ele ficar na história do cinema: Easy Rider, maravilhoso manifesto libertário que ele filmou como se fosse um western no asfalto, acompanhado de Peter Fonda e de Jack Nicholson. E Veludo Azul, de David Lynch, onde faz o papel do maníaco Frank Booth. E ainda há Apocalypse Now. Que descanse em paz.
tags:

por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

9 comentários:
Pedro Lourenço
"Pura vida"

deixado a 30/5/10 às 13:45
link | responder a comentário

[...] This post was mentioned on Twitter by Arrastão, Rede TubarãoEsquilo. Rede TubarãoEsquilo said: Dennis Hopper (1936-2010): Não terei visto muitos filmes com Dennis Hopper, mas bastariam dois para ele ficar na h... http://bit.ly/aR4ZxG [...]

deixado a 30/5/10 às 13:46
link | responder a comentário

Que tristeza.
Fiz, como era obrigatório um post de despedida no meu blog.
Escolhi um dos seus melhores momentos "ajudado" pelo Roy Orbison.
Obrigado por o lembrar.

deixado a 30/5/10 às 14:21
link | responder a comentário

esquerdino
Sim grandes 3 prestações em filmes. Mas o "e ainda" em Apocalypse Now é que não concordo muito, Dennis nesse filme de antologia foi simplesmente magistral.

deixado a 30/5/10 às 16:18
link | responder a comentário

5 Estrelas em Blue Velvet. Um grande actor.

deixado a 30/5/10 às 21:44
link | responder a comentário

M. Sampaio
Rien ne va plus...
O "Easy Rider" vi esse filme vezes sem conta...
aquela cena do cemitério...
e New Orleans...

deixado a 30/5/10 às 22:23
link | responder a comentário

Antonio Cunha
Das ultimas vezes que o vi foi num episódio da série Entourage.

Ele fazia de fanático por Futebol e fez o protagonista perder 1 milhão de dolares numa aposta de um jogo do Man Utd. Muito cómico.

deixado a 31/5/10 às 14:12
link | responder a comentário

cafc
A propósito de "Apocalypse Now" (o filme e não o actor).

Esta cena

http://www.youtube.com/watch?v=YBmFvg3dYu0&feature=related

traz-me à ideia, qualquer "coisa parecida" com a realidade dos nossos dias. Mas, por mais que me esforce, não consigo localizá-la.
A culpa deve ser das Valquírias...

Meu caro Sérgio, desculpa esta "interferência". No que diz respeito, especificamente, a Dennis Hopper, subscrevo todos os reconhecimentos da sua carreira.

Estou desculpado?

Um abraço.

Carlos

deixado a 31/5/10 às 20:41
link | responder a comentário

Essa cena do "In Dreams", do Roy Orbison (no filme «Veludo Azul»), será talvez uma das mais visceralmente perturbadoras de toda a história do Cinema: absolutamente insuperável!

deixado a 1/6/10 às 16:02
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador