Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

11 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Ana 18.12.2013

    JgMenos: O senhor se não percebe de ensino, não fale, não escreva e não comente. É muito feio falar mal dos outro, sem estarmos nas situações e sem percebermos do que falamos.  Quando assim é, é preferível ficarmos quietos, no nosso canto, sem machucarmos aqueles que um dia lutaram por uma profissão e que tudo deram a ela. Um dia aparece um iluminado que de ensino nada percebe e o que faz são única e simplesmente aberrações.
  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 20.12.2013

    O que eu sei é que nunca uma avaliação é motivo de ofensa.
    O que eu sei é que todo o carnaval da recusa de prestar prova tem muito baixo nível educativo.
    O que eu sei é que quando se houve a treta acerca de 'avaliar colegas' e 'vigiar colegas' só significa tratar-se de uma corporação que precisa de ser vigiada e avaliada.
    O que eu sei é que há demasiados institutos e universidades para poderem conter gente de qualidade em todos eles.
    O que eu sei é que a palhaçada abrilesca da não exigência e da tolerância nos persegue há décadas e tem que ser exputgada.
  • Sem imagem de perfil

    "Pirralha...eu?" 20.12.2013

    JgMenos

    Fiquei espantada com as coisas que tu sabes, que eu não sabia que sabias e provavelmente, só agora soubeste que sabias!

    Detenho-me, apenas, neste parágrafo sublime:

    «O que eu sei é que quando se houve a treta acerca de 'avaliar colegas' e 'vigiar colegas' só significa tratar-se de uma corporação que precisa de ser vigiada e avaliada.»

    Para que os teus «houvidos» não sejam feridos por essa treta, proponho que a vigilância fique aos cuidados da polícia de choque e a avaliação seja entregue a uma empresa teteira - que mame no orçamento – no género daquelas que tu sabes que eu sei que tu sabes… o Relvas, por exemplo, que também já tinha «ouvisto» ou «houvisto», pode tomar conta disto.

    Cristina

    PS: O sublinhado é da minha autoria e não costumo utilizar este tipo de não argumentação… mas perante a tua sapientíssima sabedoria, não «ouve» qualquer hipótese de me conter…

  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 20.12.2013


    De te faz bem desconter-te por mim não te inibas nunca.
  • Sem imagem de perfil

    "Pirralha...eu?" 22.12.2013

    JgMenos

    «De te faz bem desconter-te por mim não te inibas nunca.»

    Aqui está uma frase fantástica - muito mais melhor boa do que o verbo «houvir» - e que, segundo os critérios do teu amigo Crato, não te permitiria ter nota positiva na avaliação que tu defendes:

    http://pacc.gave.min-edu.pt/np4/%7B$clientServletPath%7D/?newsId=14&fileName=Inf_Prova_Comum_2013_.pdf (http://pacc.gave.min-edu.pt/np4/%7B$clientServletPath%7D/?newsId=14&fileName=Inf_Prova_Comum_2013_.pdf)

    Pois, exiges dos outros o que não podes dar… é um clássico da mediocridade interiorizada, mas sublimada, para o exterior, sob a forma da arrogância.

    Cristina

  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 25.12.2013

    A mediocridade tenho-a por pouco desencorajante, pois não afasta, antes suscita a existência da excelência.
    Tenho horror é a essa mediania proposta por quem defende a igualdade e detesta que a avaliação estabelece a diferença, que sempre existe mas que por toda a forma querem ignorar.
    E essa idiotice é sublimada numa falsa fraternidade!!
  • Sem imagem de perfil

    "Pirralha...eu?" 03.01.2014

    JgMenos

    Pronto, mas agora, repete lá isso sem te rires, pode ser?

    Cristina

  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 03.01.2014

    Ou não dominas a Língua ou ris-te de nervos...
  • Sem imagem de perfil

    "Pirralha...eu?" 04.01.2014

    JgMenos

    Onde é que eu afirmei que me tinha rido?

    Apenas te convidei para uma repetição da tua lenga-lenga, mas em te rires… tu… sem te rires… tu… percebido?

    Afinal, quem é que não domina a Língua e ou os nervos?

    Cristina
  • Sem imagem de perfil

    JgMenos 05.01.2014

    Abre a janela e discute com a vizinha...
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.