Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Cá vamos cantando e rindo, dando vivas à República

Sérgio Lavos, 30.09.10
Quem está à margem, por lá se manterá durante muito tempo. Simbólico que as comemorações do centenário da República estejam a ser feitas com a ajuda de funcionários trabalhando a falsos recibos verdes. Segundo o blogue FERVE, há pelo menos 13 pessoas há dez semanas sem receber. De resto, sabemos que isto é norma em muitos organismos que dependem do Estado - gente que trabalha, por vezes durante anos, a passar recibos verdes, sem direito a férias ou subsídios de férias e Natal. Podemos pensar também nas novas normas de atribuição do subsídio de desemprego, que obrigam quem recebe a praticar serviço de voluntariado (portanto, voluntariado à força, portanto, uma suave escravatura) em serviços do Estado. Isto acontece - pessoas que descontaram para a segurança social durante anos sem qualquer garantia de que os descontos efectuados revertam a seu favor em tempos de aperto. Viva a república. Celebremos.

P.S.: Outro facto curioso, descoberto no Spectrum: o presidente da comissão para a comemoração do centenário da República é, nada mais nada menos, Artur Santos Silva, banqueiro e personagem de indiscutível mérito cultural. Maravilha.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.