Quarta-feira, 28 de Junho de 2006
por Daniel Oliveira



A ministra da Educação considera “escandaloso” número de docentes com funções sindicais. Talvez tenha razão. Mas gostava de saber se a ministra não acha «escandaloso» o número de professores que trabalham, requisitados, no seu Ministério, em funções não docentes.

Não defendo, nunca defendi aqui nem em qualquer lado, a corporação dos professores. Acho que os sindicatos dos professores têm, demasiadas vezes, posições conservadoras e pouco solidárias com alunos e pais. Acho que o discurso sindical tem substituído, à esquerda, o discurso sobre a escola. Sobretudo sobre a escola pública, que é o que me interessa. O discurso sindical é legítimo, mas nada tem a ver com a política de educação. Nem a substitui. Se para melhorar a escola pública os professores tiverem de perder alguma coisa a posição justa da esquerda é bater-se, antes de mais, pela escola pública.

Mas este estilo da ministra, que procura sempre nos outros as responsabilidades pela situação actual do ensino, começa já a ser um pouco cansativo e demasiado parecido com o de ministros do passado que nada deixaram de relevante. Começa a cheirar desculpa. O problema da política da educação tem sido falta de política. O resto é acessório e vem por arrasto.

E esta ministra, tem uma política de educação? Que soluções tem para a estabilização do corpo docente e para a situação intolerável de escolas que mudam todos os anos de professores? Que soluções tem para a deficiente formação pedagógica dos professores? Que soluções tem para a má qualidade dos programas curriculares? Que soluções tem para o preço inacreditável dos manuais escolares? Que soluções tem para o abandono escolar? Que soluções tem para o desperdício financeiro no seu ministério?

Também esta ministra se parece cada vez com uma ministra dos professores, mesmo que seja contra eles, e cada vez menos com uma ministra da Educação.


por Daniel Oliveira
link do post | partilhar

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador