Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Economia e sociedade

João Rodrigues, 31.01.10


A
Comissão Nacional Justiça e Paz é uma organização católica que “tem a finalidade genérica de promover e defender a Justiça e a Paz, à luz do Evangelho e da Doutrina Social da Igreja”. O seu grupo de trabalho “Economia e Sociedade”, dinamizado pela economista Manuela Silva, uma referência para os que acham que a economia deve estar subordinada a fins genuinamente humanos, tem organizado uma série de seminários e de encontros de reflexão.

O próximo é no dia 4 de Fevereiro às 17h30: “A caminho de uma nova ordem económica?” José Castro Caldas, Mário Murteira e José Manuel Pureza são os oradores. Manuela Silva modera. O seminário decorrerá na Sala de Conferências da Estação do Metropolitano do Alto dos Moinhos em Lisboa.

Acho que doutrina social da igreja continua a oferecer recursos para pensar criticamente a economia e as transformações necessárias para a tornar mais solidária. Basta ler última Encíclica Papal - Caridade na Verdade -, um documento que merece ser amplamente discutido, em especial os capítulos que se debruçam sobre a chamada “ecologia moral dos mercados” e de outras formas de provisão.

[Publicado, em simultâneo, no Ladrões de Bicicletas]

3 comentários

Comentar post