Terça-feira, 28 de Agosto de 2007
por Daniel Oliveira



Repetindo a gracinha que levou às últimas eleições que reforçaram o AKP, o exército turco voltou a declarar publicamente que o Estado secular está em perigo.

tags:

por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

9 comentários:
Euroliberal
Há sete estados europeus que são confessionais e não laicos: Os cinco nórdicos, a GB e a Grécia...

Ora a Turquia nem sequer vai deixar de ser laica, como esses sete países democráticos e respeitáveis, o que teria direito a fazer de qualquer modo.

Vai apenas corrigir certos excessos jacobinos e totalitários como a proibição de as mulheres usarem véu nas repartições publicas e universidades. De facto, o véu é usado habitualmente por 60% das turcas e é complatamente ridículo que as próprias filhas de Erdogan tenham de ir estudar para os EUA para poderem aí usar o véu que no seu próprio país de que seu pai é primeiro-ministro não podem fazer !

Quanto aos Pinochets turcos que já derrubaram quatro primeiros-munistros democráticos, tendo mesmo enforcado em 1960 Adnan Menderes, PM eleito democraticamente, por esboçar algumas reformas islamistas, esses canalhas devem ser demitidos e julgados por alta traição. Não são turcos, são espiões da CIA e da Mossad.

deixado a 4/9/07 às 15:11
link | responder a comentário

Anonimo
Acho graça a uma certa esquerda que brade tanto na separação da religião e do estado, se se trata de cristianismo, e brade na direcção oposta se se trata de outras religiões.
Há coisas curiosas, não há?

deixado a 29/8/07 às 11:42
link | responder a comentário

O Hitler é usado para tudo, só mostra como ele se tornou num ícone demoníaco, quase religioso, no ocidente...

O Presidente da República na Turquia, pelo que eu sei, não tem poderes executivos. Contudo, este presidente vai co-habitar com um governo da mesma formação política. Ainda é muito cedo para tirarmos conclusões precipitadas - se daqui a dois ou três anos a Turquia estiver lentamente a caminhar para um "estado islâmico" graças a leis que não julgaríamos possíveis naquele país, então aí já saberemos o que vale a dupla Gül-Erdoğan, claro que se chegar a esse ponto, o exército já os terá retirado do poder...

deixado a 29/8/07 às 00:24
link | responder a comentário

Luis Moreira
Mas é legitimo alguem utilizar a função para que foi eleito para acabar com o Estado de Direito?

A Constituição Turca não afirma um Estado Democrático e Laico?

O Hitler tambem começou por ser eleito...

deixado a 28/8/07 às 23:36
link | responder a comentário

Justicialista
O senhor Gul foi mesmo eleito presidente da Turquia. À terceira foi de vez!
Há uns tempos quando a extrema-direita chegou ao governo da Áustria em coligação com os Democratas-Cristãos, também defendi que o governo era legítimo até se provar o contrário. O alarido todo feito por causa do senhor Haider provou-se totalmente infundado.
Mantendo a coerência, acho que todo o governo democraticamente eleito tem a sua legitimidade incontestada. Querer excluir algum partido do sistema ou do governo é simplesmente anti-democrático.
Tem tanta legitimidade o presidente do Irão, como o Presidente dos EUA, como o presidente da Venezuela ou o governo da Polónia, goste ou não das suas políticas!
O que não posso defender são as ditaduras!

deixado a 28/8/07 às 14:48
link | responder a comentário

em perigo estou eu com a Turquia aqui tão perto.

deixado a 28/8/07 às 14:37
link | responder a comentário

Uma das grandes desgraças deste mundo: o Estado laico está sempre em perigo.

deixado a 28/8/07 às 14:14
link | responder a comentário

João Pedro Dias
De repente parecia o Vasco Graça Moura em uniforme!

deixado a 28/8/07 às 09:28
link | responder a comentário

Xico
Como no caso da Argélia???!!!

deixado a 28/8/07 às 08:35
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador