Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007
por Daniel Oliveira
Aqui está uma história exemplar. Perante uns graffitis num monumento, feito por uns miúdos, o presidente da Junta de Foz do Arelho, em vez da gritaria e da indignação do costume, resolveu o problema com bom senso. Livrou os putos do tribunal e fez um "negócio" com eles: limpavam o que tinha feito. No fim, até lhes pagou o pequeno-almoço e eles ofereceram-se para tratar das redondezas. Às vezes a forma mais eficaz de fazer política é mesmo a mais simples.

por Daniel Oliveira
link do post | partilhar

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador