Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Perestroika-me lá isso

Daniel Oliveira, 07.03.08
O Diogo teve um ataque de nostalgia e postou o hino da União Soviética. Em inglês. Se é para modernizar, eu respondo-lhe como uma versão do mais puro pop do leste do final dos anos 80 e princípio dos anos 90, quando ainda davam os primeiros passos na feliz e ainda ingénua chegada à liberdade. Aqui fica, e o Diogo que não diga que vem daqui:

Inquérito

Daniel Oliveira, 26.12.07
À pergunta "Concorda com a alteração da Lei Eleitoral Autárquica nos moldes que estão a ser negociados entre o PS e o PSD?" 225 leitores (73%) responderam que "não" e 82 (27%) disseram que "sim".

Novo inquérito na coluna da direita: "Qual a figura mais relevante de 2007?" Escolhi 10 políticos internacionais: Al Gore, Durão Barroso, George Bush, Hu Jintao, Hugo Chávez, Mahmoud Ahmadinejad, Nicolas Sarkozy, Robert Mogabe, Tony Blair e Vladimir Putin. Podia ter escolhido outros, mas estes parecem-me cobrir os principais acontecimentos políticos do ano. A ideia não é saber qual agrada ou desagrada mais aos leitores, mas apenas qual terá sido o que mais marcou o ano que agora acaba.

A votos

Daniel Oliveira, 02.12.07

Hoje a revisão constitucional chavista vai a votos. Tenho a esperança que os venezuelanos a chumbem e fico satisfeito por saber que alguns dos aliados mais sensatos de Hugo Chávez estão a fazer campanha contra ela. Um chumbo podia criar ainda mais instabilidade no país, é verdade. Mas também podia, se o bom senso ganhasse algum espaço no governo venezuelano, travar a espiral egocêntrica de Chávez.

Na Rússia, pelo contrário, nenhum esperança. Putin domina tudo, das televisões à máquina de repressão. Mas isso não interessa a ninguém, claro. Putin tem mais amigos no Ocidente o que faz dele um respeitável Chefe de Estado, independentemente de todas as evidências.