Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arrastão: Os suspeitos do costume.

Espaço vital

Daniel Oliveira, 30.08.07
Ramos-Horta discursou hoje no Parlamento e fez o que se esperava: atacou a oposição ao governo. O presidente disse que os timorenses "não aprenderam nada com o passado". Mais à frente, lamentou-se: "O nosso ego tem sido sempre demasiado grande". Se ao dizer "nosso ego" Ramos-Horta estiver a utilizar o plural majestático (o que não me espantaria), só posso assinar por baixo. Se não, compreendo a angústia: há egos que aguentam outros pela vizinhança.